Orgânicos, para fortalecer a agricultura camponesa

Com pandemia, comunidades do Vale do Ribeira enfrentam crise de escoamento e perda de produtos, antes destinados a feiras e merenda escolar. Projeto Cestas do Vale cria canal solidário com produtores, garantindo assim sua renda

O isolamento em decorrência da pandemia afeta dramaticamente pequenos produtores e extrativistas em todo o país – setor do qual dependem 18 milhões de brasileiros. A interrupção de feiras e da venda de alimentos para a merenda escolar praticamente paralisou o escoamento de produtos de comunidades quilombolas, cuja principal fonte de renda depende desse mercado local e imediato.

Ainda no início da crise, o Governo de São Paulo suspendeu os contratos de agricultores com o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), responsável pela compra e distribuição de mais de 90% da produção de cooperativas do Vale do Ribeiro para as cidades do entorno – gerando, assim, uma situação de vulnerabilidade para os milhões de alunos que dependem da merenda. Além disso, sequer propôs alternativas ou políticas públicas emergenciais de proteção a agricultura tradicional.

Diante desse cenário caótico, surge o projeto Cestas do Vale, uma iniciativa solidária que criou canal direto com as famílias que fazem parte da Cooperativa da Agricultura Familiar de Sete Barras. Com isso, a produção orgânica do Vale do Ribeira vai direto pra sua casa. Com abrangência em São Paulo, Campinas e região, é possível contribuir tanto por uma assinatura mensal, com entregas semanais, quanto pela compra avulsa.

A composição das cestas, a cada semana, é uma surpresa, a depender da estação e da colheita, garantindo à cidade o que há de mais fresco e maduro da produção camponesa. As cestas incluem grande variedade de produtos, de frutos e legumes, à produtos como palmito envasado e insumos desidratados (chips de mandioca e banana).

COMO FUNCIONA A ASSINATURA DE CESTA DE ORGÂNICOS

Semanais, um pacote mensal tem o valor de R$ 280,00, incluindo o envio para São Paulo. Cada cesta neste pacote sai por R$ 70,00 cada (sendo R$ 55,00 dos produtores e mais R$ 15,00 de custos de operação).

CESTAS AVULSAS

Caso não possa assinar para o mês todo, há a opção de cesta avulsa. Neste caso, cada uma sai por R$ 75,00 (sendo R$ 55,00 dos produtores e mais R$ 20,00 de custos de operação em SP).

PARA DOAR

Se você não mora na região, e/ou queira contribuir para alimentar as famílias e comunidades afetadas pela covid-19, a iniciativa, em parceria Rede de Apoio Popular, realiza doações para famílias com idosos e/ou crianças com baixo peso do bairro Jardim D’abril, de Osasco-SP. Cada cesta para doação custa R$ 60,00 (sendo 55,00 de alimentos que vai integralmente para os produtores e 5,00 de transporte para o ponto de distribuição das doações).

ENTREGA

A entrega é realizada em quase todos os bairros de São Paulo. Há uma taxa para cobrir o gasto do transporte de porta em porta, calculado de acordo com o endereço — e que varia entre R$ 5,00 a 20,00.

Em Campinas, os valores são diferentes dos praticados em São Paulo. As cestas são vendidas por R$ 55,00 e eles ainda não têm o sistema de assinaturas ou doações disponíveis.

Para comprar em Campinas o contato é via WhatsApp: (19) 98280-9588. Para pedidos em São Paulo o WhatsApp é (11) 96177-2174.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também: