Em SP, um festival de cinema para discutir Democracia

Curtas e longas que abordam o tema sob diferentes prismas ganham sessões gratuitas em CEUs, Cine Olido, CCSP e na Tapera Taperá, até 16 de setembro. Com abertura amanhã, o primeiro debate é sobre “Processo Eleitoral e Democracia”

Cena de “Espero tua (Re)Volta”, filme sobre o movimento secundarista que está na programação do festival

Por Simone Paz

Taturana Filmes é uma plataforma brasileira que organiza sessões de cinema gratuitas, a favor da democratização da sétima arte. Parceira de Outras Palavras há alguns anos, a distribuidora tem em seu portfólio filmes de peso, como “Chega de Fiu Fiu”, “O Jabuti e a Anta”, e, mais recentemente, “Espero Tua (Re)Volta”.

Em meio a tempos obscuros, seu papel torna-se ainda mais relevante e corajoso, levando filmes e debates incandescentes a estudantes, ocupações, centros culturais — e a qualquer grupo que se organize para solicitar um cineminha grátis, com projeção Taturana.

Assim surge, neste 2019, a 1ª Mostra Taturana de Cinema, que reúne curtas e longas-metragens documentais, debatendo a ideia de Democracia a partir de diferentes aspectos:

As concepções de representatividade, do exercício da política, da ocupação do espaço público, do uso de tecnologias e meios de comunicação enfrentam diversas transformações e estão em disputa no Brasil e no mundo. Nesse contexto, são muitos os desafios para se fortalecer, construir, resgatar práticas e valores democráticos que garantam os direitos sociais e de existência de diferentes grupos.

Nesta terça-feira, 10 de setembro, às 19h, o Cine Olido recebe a Sessão de Abertura, com os filmes Hungria 2018 – Bastidores da Democracia (2018, 82’ dir. Eszter Hajdú), longa que esteve na mostra competitiva internacional do Festival É Tudo Verdade 2019, e Fake news: um conto de fadas (UK, 2018, 15’, dir. Kate Stonehill), premiado curta internacional inédito nos cinemas brasileiros.

Além dos filmes, um debate com a pesquisadora Esther Solano, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), e o professor Thiago Amparo, da Fundação Getúlio Vargas (FGV) para debater o tema “Processo eleitoral e Democracia”.

E após a vergonha nacional vivida este fim de semana, na Bienal do Livro do Rio — em que houve um mandado de censura do gibi “Vingadores – a cruzada das crianças” pelo prefeito Marcelo Crivella — é relevante ressaltar a linda programação de resistência do dia 14 de setembro, sábado, em que acontecerá a sessão-ato “Liberdade de expressão e representatividade no cinema”, com mesa redonda com a diretora de Desenvolvimento e Políticas Audiovisuais da Spcine Malu Andrade, a cineasta Tata Amaral, a documentarista Tatiana Lohman, a historiadora Lilia Schwarcz, entre outros nomes importantes. Será no charmoso Cine Olido, no centro de São Paulo, novamente. Ocorrerá um ato com os integrantes do setor audiovisual das 15h às 17h, e na sequência, às 18h, os filmes Negrum3 (Brasil, 2018, 22’, dir. Diego Paulino) e SLAM: Voz de Lavante (Brasil, 2017, 81′, dir. Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva).

A seguir, veja a programação completa da 1ª Mostra Taturana e o serviço das salas:

*Atenção para o domingo 15/9, Dia Internacional da Democracia, com programação especial no CCSP


TERÇA 10/09

19h – Cine Olido | SESSÃO DE ABERTURA
Fake News: um conto de fadas (UK, 2018, 15’, dir. Kate Stonehill)
Hungary2018 (2018, 82’ dir. Eszter Hajdú)
Debate: PROCESSO ELEITORAL E DEMOCRACIA com Thiago Amparo (FGV) e Esther Solano (Unifesp)

QUARTA 11/09

19h – Centro Cultural São Paulo – CCSP
Lembra (Brasil, 2018, 10’, dir. Leonardo Martinelli)
America Armada (Brasil, 2018, 78’, dir. Alice Lanari e Pedro Asbeg)
Debate: ESTADO E VIOLÊNCIA com Raull Santiago (Coletivo Papo Reto) e Nathalia Oliveira (INNPD)

19h – Cine Olido
Filme: Excelentíssimos (Brasil, 2018, 152’, dir. Douglas Duarte)

19h – CEU JAÇANÃ
– Negrum3 (Brasil, 2018, 22’, dir. Diego Paulino)
– Espero tua revolta [Your turn] (Brasil, 2019, 91’, dir. Eliza Capai)
Bate-papo: DIREITO AO PROTESTO com Kaike Menezes, integrante do movimento secundarista, e Marcela Jesus, integrante do movimento e protagonista de Espero Tua (Re)Volta.

QUINTA 12/09

17h – Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes
Espero Tua (Re)Volta (Brasil, 2019, 91’, dir. Eliza Capai)
Bate-papo: DIREITO AO PROTESTO com Mafê (movimento secundarista) e Marcus Nascimento (ativista em educação)

19h – CCSP
Aula pública sobre o livro COMO AS DEMOCRACIAS MORREM? por Joyce Miranda Leão Martins (FESP)
Filme: Excelentíssimos (Brasil, 2018, 152’, dir. Douglas Duarte)

19h – Cine Olido
Liberdade / filme (Brasil, 2018, 25’, dir. Pedro Nishi e Vinícius Silva)
O Pacto de Adriana (Chile, 2017, 96’, dir. Lissette Orozco)

19h – CEU Três Lagos
Liberdade (Brasil, 2018, 25’, dir. Pedro Nishi e Vinícius Silva) 
Espero Tua (Re)Volta (Brasil, 2019, 91’, dir. Eliza Capai)
Bate-papo: FAZENDO CINEMA com Vinícius Silva e Pedro Nishi, diretores de Liberdade.

SEXTA 13/09

17h – CFC Cidade Tiradentes
Lembra (Brasil, 2018, 10’, dir. Leonardo Martinelli)
América Armada (Brasil, 2018, 78’, dir. Alice Lanari e Pedro Asbeg)

19h – CCSP
Liberdade (Brasil, 2018, 25’, dir. Pedro Nishi e Vinícius Silva)
Documental “El pacto de Adriana” (O Pacto de Adriana, Chile, 2017, 96’, dir. Lissette Orozco)
Debate: MEMÓRIA E JUSTIÇA com Carla Osmo (Comissão da Verdade) e Lucas Paolo S. Vilalta (Instituto Vladimir Herzog)

19h – Cine Olido
Beat é protesto – O funk pela ótica feminina (Brasil, 2019, 23’, dir. Mayara Efe)
Espero Tua (Re)Volta (Brasil, 2019, 91’, dir. Eliza Capai)

SÁBADO 14/09

17h – OLIDO | SESSÃO ATO CONTRA A CENSURA NAS ARTES
Mesa redonda: CINEMA: LIBERDADE DE EXPRESSÃO E REPRESENTATIVIDADE com Lilia Schwarcz (USP), Malu Andrade (Spcine), Tatiana Lohmann (documentarista) e Renato Candido De Lima (APAN – Associação dxs Profissionais do Audiovisual Negro)
Filmes: Negrum3 (Brasil, 2018, 22’, dir. Diego Paulino) e SLAM: Voz de Levante (Brasil, 2017, 81′, dir. Tatiana Lohmann e Roberta Estrela D’Alva)

17h – CFC Cidade Tiradentes | Sessão de curtas
Magalhães (Brasil, 2018, 22’, dir. Lucas Lazarini)
Beat é Protesto (Brasil, 2019, 23’, dir. Mayara Efe)
Negrum3 (Brasil, 2018, 22’, dir. Diego Paulino)
Bate-papo: DIVERSIDADE E DEMOCRACIA com Diego Paulino de diretor de NEGRUM3

17h – CCSP
Magalhães (Brasil, 2018, 22’, dir. Lucas Lazarini)
Hungria 2018 – Os bastidores da democracia (Hungary2018, 2018, 82’ dir. Eszter Hajdú)

DOMINGO 15/09

17h – CCSP
Beat é Protesto (Brasil, 2019, 23’, dir. Mayara Efe)
Espero Tua (Re)Volta (Brasil, 2019, 91’, dir. Eliza Capai)
Debate: DIREITO AO PROTESTO com a organização ARTIGO 19 e integrantes do movimento secundarista

SEGUNDA 16/09

19h – Tapera Taperá
Magalhães (Brasil, 2018, 22’, dir. Lucas Lazarini)
Virando a mesa do poder (Knock down the house, EUA, 2019, 87’, dir. Rachel Lears)
Debate: RENOVAÇÃO POLÍTICA com Duda Alcantara (Vote Nelas), Erika Hilton (Bancada Ativista), e Samuel Emílio Melo (Acredito)

**

SALAS

Centro Cultural São Paulo (CCSP)
Sala Paulo Emílio | 99 lugares
Rua Vergueiro, 1000 – Metrô Vergueiro

Cine Olido
236 lugares
Avenida São João, 473 – Centro Cultural Olido – Metrô República

CFC Cidade Tiradentes
146 lugares
Avenida Inácio Monteiro, 690

CEU Três Lagos
430 lugares
Av. Carlos Barbosa Santos, S/n – Socorro

CEU Jaçanã
222 lugares
Rua Francisca Espósito Tonetti, 105
Jardim Guapira

Tapera Taperá
50 lugares
Galeria Metrópole – Av. São Luís, 187
2º andar, loja 29 – Metrô República

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também: