Com o pé no acelerador

Cientistas e autoridades russas planejam registrar Sputnik 5 no Brasil em dezembro

Este texto faz parte da nossa newsletter do dia 20 de outubro. Leia a edição inteira.
Para receber a news toda manhã em seu e-mail, de graça, clique aqui.

Cientistas e autoridades russas disseram ontem, em coletiva de imprensa, que esperam registrar a vacina Sputnik 5 no Brasil em dezembro, ter uma distribuição preliminar no mesmo mês e começar a distribuição em massa em janeiro. Algumas doses serão fabricadas em novembro, segundo a farmacêutica União Química, responsável pela produção aqui. “A vacina provou 100% de eficácia”, disse  Kirill Dmitriev, CEO do Fundo Russo de Investimento Direto, que financia a pesquisa do imunizante. É uma afirmação impossível, já que os testes que medem a eficácia não foram concluídos. 

Quanto ao registro, falta combinar com a Anvisa, que ainda não recebeu nenhum pedido de autorização de estudos clínicos ou registro da Sputnik 5. Segundo o Valor, a União Química pretende pedi-lo nos próximos dias

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também: