Todos os nomes… da cachaça

Quer saber de onde vem a palavra aguardente? E pinga? Maurício Ayer fala a Laércio Zulu sobre as denominações da bebida brasileira por excelência.

Quer saber de onde vem a palavra aguardente? E pinga?

Com o maior prazer, compartilho essa conversa que tive sobre os nomes da cachaça com essa grande figura da mixologia brasileira, o querido Laércio Zulu. O vídeo está no canal dele no YouTube que, olha só, tem o mesmo nome que o meu blogue… Molhando a Palavra! – Pura coincidência, a gente descobriu isso depois. 🙂

Pois é isso aí, conversamos sobre as denominações da cachaça. Não a lista completa, pois pra isso a gente precisaria ficar até o ano que vem desfiando o verbo nessa mesa de bar – o que seria gostoso, mas não caberia num vídeo! Focamos no principal, naquelas palavras que se tornaram os nomes oficiais do destilado brasileiro: aguardente, cachaça, pinga e jeribita (este último que, lá atrás, mas por um bom tempo, foi a principal denominação).

O vídeo é o primeiro de uma série, gravada no bar Candeeiro, em São Paulo, onde Zulu comanda o balcão. Vem mais por aí. Boa degustação!

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *