Facebook volta a promover censura política

151123-Facebook

Post de “Outras Palavras” bloqueado por denunciar hipocrisia do governo francês na “guerra ao terror”. Veja como driblar proibição

As restrições às liberdades individuais decretadas por governos do Ocidente a pretexto da “guerra ao terror” parecem ter chegado ao Facebook. A plataforma bloqueou, desde a manhã desta segunda-feira (23/11) a difusão de um texto do jornalista britânico Robert Fisk, que denuncia a dupla moral da França, diante da ação dos ultra-fundamentalistas do ISIS.

Publicado ontem, em “Outras Palavras”, o artigo pode ser encontrado aqui: www.bit.ly/duplamoral. Fisk argumenta, com fartura de dados, que o ação de Paris — e também de Washington — contra os terroristas do Estado Islâmico é hipócrita. O presidente François Hollande impôs Estado de Emergência na França e bombardeia instalações do ISIS na Síria. No entanto, vende cada vez mais armas à Arábia Saudita — o país que multiplica pelo Oriente Médio o fundamentalismo wahabbista professado pelos extremistas e, não satisfeito, abastece-os belicamente.

Não é a primeira vez que o Facebook censura, por motivos políticos, um texto de “Outras Palavras”. Em 17 de Setembro, estampamos um artigo em que o jornalista Patrick Cockburn — um grande especialista em Oriente Médio — apontava as guerras deflagradas pelo Ocidente na região como principal causa para a onda de refugiados que chega agora à Europa. Poucas horas depois, sua circulação foi bloqueada na plataforma de Mark Zuckerberg — cujas relações com a Agência Nacional de Segurança (NSA) dos EUA foram reveladas numa série de matérias do Wikileaks.

A censura do Facebook — que, agora está demonstrado, não atinge apenas fotos de corpos nus — precisa servir de alerta. É necessário criar, o quanto antes, redes sociais livres, que sejam ao mesmo tempo amigáveis e populares, mas estejam isentas de restrições políticas ou moralistas.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

4 comentários para "Facebook volta a promover censura política"

  1. Max disse:

    Posso ajudar publicando um espelho em meu domínio, servidor dreamhost.
    http://www.cdef.com.br

  2. Tereza Loparic disse:

    Vamos ao Diaspora?

  3. Telmo disse:

    “…A censura do Facebook — que, agora está demonstrado, não atinge apenas fotos de corpos nus…” como vemos em:
    http://saudepublicada.sul21.com.br/2015/11/11/os-mamilos-e-as-discriminacoes/

  4. Marco disse:

    Vocês são a censura. Quando o facebook bloqueou os perfis de Olavo de Carvalho e de sua esposa em plena eleição presidencial de 2014 pois estavam metendo o pau no governo Dilma vocês não escreveram 1 palavra sequer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *