Como a Datafolha manipulará a próxima pesquisa

Perguntas tendenciosas embutidas na sondagem, para influenciar o entrevistado

O  jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, publicou às 18h24 de ontem (17/9), em seu blog, algo que sugere clara tentativa de manipulação da próxima pesquisa eleitoral Datafolha — uma das últimas, antes do pleito de 3 de outubro.

O questionário apresentado aos entrevistados, conta Lauro, incluirá cinco perguntas que dão relevância à demissão da ministra Erenice Guerra e vinculam as acusações feitas a ela à candidata Dilma Roussef e ao presidente Lula. As questões embutidas são:

– Você tomou conhecimento da saída da ex-ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra do governo? Se sim, está bem informado, mais ou menos ou mal informado sobre esse caso?

– A ex-ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, pediu demissão após as denúncias de que seu filho teria beneficiado empresas junto ao governo pedindo comissão. Você acredita que o filho de Erenice Guerra beneficiava as empresas junto ao governo pedindo comissão?

– E, na sua opinião, Erenice Guerra sabia ou não que seu filho beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?

– E o presidente Lula sabia ou não que o filho Erenice Guerra beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?

– E a candidata Dilma Rousseff, sabia ou não que o filho Erenice Guerra beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?

O Datafolha tem o direito de pesquisar tudo. Mas misturar numa sondagem sobre intenção de voto questões que repercutem precisamente os temas de campanha de um candidato é manipulação primária.

É possível que o Datafolha alegue intenção de aferir a informação do eleitor sobre temas relevantes à disputa eleitoral. Nesse caso, poderia incluir, entre outras, cinco perguntas bastante objetivas:

1. “Você sabia que o candidato José Serra é apoiado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, embora esconda esta relação em seu programa”?

2. “Você sabia que a filha do candidato José Serra, Verônica Serra, dirigiu a ‘Decidir’, uma empresa que quebrou o sigilo fiscal de milhões de brasileiros, aproveitando-se de influências de seus sócios no governo de Fernando Henrique Cardoso?”

3. “Você sabia que o candidato José Serra foi ministro do Planejamento do governo Fernando Henrique Cardoso, durante o qual foram privatizadas a Vale do Rio Doce, a Telebrás, as siderúrgicas e muitas outras empresas?”

4. “Você sabia que José Serra manteve, quando governador, o preço dos pedágios de São Paulo cerca de dez vezes mais alto, por quilômetro rodado, que nas rodovias federais?”

5. “Você sabia que a bancada fiel aos governadores José Serra e Geraldo Alkmin bloqueou, na Assembléia Legislativa de São Paulo, a constituição de 69 CPIs, impedindo a investigação de denúncias sobre corrupção e tráfico de influências?”

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

8 comentários para "Como a Datafolha manipulará a próxima pesquisa"

  1. Elias Nazareno disse:

    O desespero da elite brasileira é tamanho que nao pensou duas vezes em mergulhar na lama o grupo encabeçado pelo jornal folha de Sao Paulo, aríete travestido de imprensa progressista, que a cada dia revela mais e mais sua arrogância, cuja base social sao seus próprios delirios acerca de uma Brasil que nao existe mais e seu caráter fascista diante de sua impotência em mudar democraticamente o quadro político brasileiro.

  2. Arlindo M. Freire disse:

    Mais uma da grande imprensa brasileira – atendendo aos objetivos das cinco maiores famílias do mundo, sempre querendo fazer com que os
    seus interesses sejam mantidos, sem considerar as grandes necessidades das populações sem condições de vida, mesmo levando em conta que estas consomem os seus produtos – fazendo com que elas – cinco famílias sejam mais fortes e poderosas.

  3. Excelente matéria. Devemos grassar o link éla internet. Parabéns a Diplô e ao Antônio Martins!!!

  4. Rafae Costa disse:

    A livre imprensa tem o direito de questionar as sacanagens dos politicos, é isso que estão fazendo.
    Ou querem esconder tudo isso? Ou dizer que não sabiam???
    Aliás, nunca sabem de nada né?
    Bando de patetas!

  5. Sergio Brasil disse:

    Entristece-me saber que o Antonio Martins reproduziu esta matéria FAVORÁVEL ao LULA, sua candidata Dilma et caterva no Outras Palavras, até então isento de partidarismos. O que o Antonio não cita é o vergonhosos aparelhamento do Estado pelo lulismo petista. Há provas de que estão se locupletando vergonhosamente nas diversas esferas federais e estaduais…. E o Antonio Martins não discute isto. Sob a manipuação de pesquisas qualquer sujeito medianamente inteligente sabe disto… portanto, ZERO para o Antonio. Só para lembrar: não vou votar no Serra sempre fui PCB (não confiundir com os pilantras do PCdoB).

  6. Paulo deAndrade disse:

    Hummm, deixe-me ver…Por aqui nas terras dos Arariboias – Rio de janeiro – nunca apareceu ninguém do DataFolha fazendo tal pesquisa não, pelo bairro onde moro Santa Teresa, e se aparecesse eu respoderia com um sonoro ene, a ,o, til, – NÃO é simples, é só não responder, o povo que adora perder tempo pergunte, indague, seja curioso, pergunte pra serve, para o que é, não se deixe manipular….abcs a todos e saibam votar ou não vote.

  7. LEVI disse:

    MEU CARO ANTONIO MARTINS, NÃO ESQUEÇA DE INFORMAR TAMBEM QUEM ESTA APOIANDO A DILMA / LULA.
    A FAMILIA SARNEI, A FAMILIA BARBALHO, A FAMILIA COLOR DE MELLO, A FAMILIA MALUF, A FAMILIA CALHEIROS E TANTAS OUTRAS PERTENCENTES A NATA DA COSSA NOSTRA BRASILEIRA.
    INFORME TAMBEM QUE NO TEMPO DA TELEBRAS UMA LINHA TELEFONICA CUSTAVA PERTO DE R$ 2.000,00 E DEMORAVA NO MINIMO 2 ANOS PARA SER INSTALADA OU ATE R$ 10.000,00 (LEMBRA, EM ALPHAVILLE) NO MERCADO PARALELO. INFORMA TAMBEM QUE A VALE DO RIO DOCE QUANDO DO GOVERNO TINHA MAIS CHEFES E GERENTES DO QUE FUNCIONARIOS, MAIS CONHECIDO COMO CABIDE DE EMPREGOS, E SUA EFICIENCIA ERA DAS PIORES DO MUNDO. NÃO ESQUEÇA DE INFORMAR TAMBEM QUE O GOVERNO ERA OBRIGADO A INJETAR MILHÕES DE REAIS POR ANO PARA CONSEGUIR FECHAR O CAIXA. DINHEIRO QUE PODERIA IR PARA A SAUDE POR EXEMPLO. NÃO ESQUECENDO TAMBEM DOS FUNDOS DE PENSÕES DOS FUNCIONARIOS, AGORA QUE AS EMPRESAS ESTÃO DANDO LUCRO E FACIL FALAR. SO DO GOVERNO NÃO TER QUE COLOCAR MAIS DINHEIRO A FUNDO PERDIDO NESSAS ESTATAIS JA E VANTAGEM PARA A POPULAÇÃO DO BRASIL.

  8. Sara disse:

    Essa história de ficar satanizando a Dilma lembra a parábola do Publicano e do Fariseu. Quem de nós está apto a julgar os outros? Só a Folha de São Paulo que além de se achar acima do bem e do mal aqui na terra, agora quer assumir o papel de Deus, e quer nos colocar também nessa, julgando a espiritualidade de Dilma, taxando ela de atéia na capa pq ela não fez o sinal da cruz ao mesmo tempo que os outros. Na verdade quem nos julga é Jesus. A Dilma podia até está apenas conversando com Deus, com o pensamento elevado, isso de fazer o sinal da cruz todos juntos é apenas um ato mecânico de significação apenas visual. Alguém pode está fazendo o sinal da cruz e está pensando como vai passar a perna no outro, e ai? Só quem vai saber disso é a pessoa e o Criador
    A manipulação é tão grosseira e venal que o texto diz que 15 mil fiés fazem o sinal da cruz ao mesmo tempo, mas só foram fotografadas 04 pessoas fazendo o sinal da cruz. A câmara tinha “zero zoom” que não pode fotografar um número maior de pessoas? O fotógrafo quer agradar o Patrão ele fez um close das quatro pessoas, se ele abrisse mais o zoom a câmara iria mostrar que mais pessoas não estariam fazendo o sinal da cruz. Esse fotógrafo está defendendo o emprego, com pautas sob encomendas. A jornalista Rita Kell foi demitida do Estadão (que já se declarou formalmente apoiar Serra) somente pq ela escreveu um artigo imparcial sobre a campanha.
    Há sempre mais de uma maneira de interpretar a mesma coisa, é uma questão dialética. Não nos impressionemos com as coisas do Partido da Imprensa Global, cujo único objetivo é colocar o Serra no poder, comportando-se dessa forma abjeta. A espiritualidade do ser humano é uma coisa muito pessoal, só Deus sabe o que se passa. Nada garante que aqueles que alardeiam Deus e humilham os outros publicamente, pq tem meios materiais para isso, tem garantido o reino dos céus. Certamente a ordem é: cada um faz a sua parte e Deus julga Todos.
    Eu estou enojada desse atraso brasileiro dos oligopólios da comunicação dessa mistura de religião com política, num estado constitucionalmente laico, eu estou enojada desses padres “abjetos, sem escrúpulos cristão e ético” que em vez de pregar a palavra de Deus e a justiça social ficam julgando e denegrindo a consciência das pessoas somente por causa de uma política partidária.
    Essa Igreja católica “venal” que pratica pedofilia com crianças e adolescentes a séculos, com seus padres criminosos protegidos secretamente a sete chaves nos quatro cantos do mundo, com consentimento papal, não tem moral para julgar ninguém, idem os proprietários da folha de São Paulo. Eles é que precisam rezar, pq são palavras textuais de Cristo: “é mais fácil um Camelo passar no fundo de uma agulha do que um rico se salvar”.
    Além de padres criminosos praticantes de pedofilia, há muitos padres com a formação (religiosa, filosófica e ética) e a maturidade (intelectual e cristã) desgraçadamente precárias, sem condição de orientar ninguém, são esses padres ultra-conservadores que se somam aos interesses dos monopólios e oligopólios da comunicação, juntamente com um bando de sectários carcomidos, velhos neo- bobos (como disse o FHC) da corte da burguesia neo-liberal, que querem manipular a consciência das massas, através da “psicologia de massa do fascismo à brasileira”, como bem assinala Luiz Nassif, à guisa de willian Reich.
    Estou fora dessa sujeira, essa não é a minha Igreja, a minha Igreja é a Igreja do Leonardo Boff e do Frei Beto que a Igreja desses padres criminosos e papas venais expulsaram, eu estou auto-expulsa igualmente dessa igreja, por tudo de ruim que ela pratica. Esse não é o meu jornal, não me impressiono com o que fazem e dizem os empresários da comunicação brasileira, isso não é o pensamento do povo, é o pensamento de grupos de empresários poderosos que querem Serra no Poder, pq tem interesses próprios, pessoais, particulares deles, da família e dos amigos pra defender.
    Não me impressiono com esses padres irresponsáveis que incitam a discórdia dentro da própria Igreja fazendo proselitismo político e difamando gratuitamente uma candidata, também por interesses pessoais. Quem julgará todos, de forma justa, é somente o Autor da Criação. Eu me impressiono com o fato de como vai terminar essa igreja, dividida e desacreditada; e, com o caráter ético de um candidato que em vez de discutir as grandes questões do país monta-se na boa fé, na ignorância ou na alienação das pessoas para manipulá-las através de uma inculcação de mentiras expressamente repetidas. È isso que esses políticos venais bem nascidos, e a confraria de seus adeptos, junto com os donos dos jornais e os padres despreparados, ensinam aos jovens brasileiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *