Um domingo contra Alckmin

140826-AntiAlckmin5

Em Outras Palavras, dia 31/8, um iniciativa para afastar de São Paulo o conservadorismo e a repressão

A nova casa de Outras Palavras pode ser também um local para tramar futuros. Neste domingo (31/8), convidamos grupos e pessoas espantados com o alto risco de mais quatro anos de um governo autoritário em São Paulo a buscar saídas. Nâo se trata de apoiar candidatos, mas de afastar a pasmaceira. Que podemos fazer para mudar o rumo das eleições estaduais? São Paulo está fadado a ser apático, individualista e segregador? Ou podemos fortalecer gente disposta a fazer fluir a liberdade e projetos de justiça, compartilhamento e nova democracia?

A partir das 17h, traga seus desejos, ideias e abertura para ouvir e debater. Se der vontade, acrescente algo de beber ou comer. São Paulo não pode reduzir-se a volume morto. Que os vivos apareçam!

Rua Conselheiro Ramalho, 945 – Bixiga – a 50m. da Brigadeiro Luís Antonio e um quilômetro do Metrô São Joaquim (mapa)

 

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "Um domingo contra Alckmin"

  1. Rodrigo disse:

    Olá!
    Infelizmente não poderei estar presente neste evento mas gostaria de deixar uma sugestão. Sugiro organizar os opositores deste governo e fazer uma contagem regressiva de domingos até o dia das eleições, de forma que todos, sincronizados, compartilhem todos os domingos reportagens e/ou informações que denunciem as barbáries que estão ocorrendo durante todos esses anos de governo PSDB, ou as promessas de campanha que não foram compridas.
    Acredito que se os opositores estiverem sincronizados, eles terão maior força.
    Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *