SP: Aula pública sobre Tarifa Zero e mobilização popular

aula publica

Amanhã debate organizado pelo MPL, com Paulo Arantes e Lúcio Gregori, idealizador do projeto de lei. E hoje mais dois eventos sobre o tema

Por Redação

Tarifa Zero e mobilização popular estão em pauta em todo o país. Mas o que sabemos sobre tarifa zero? Quem vai pagar a conta? Como ela se liga à luta contra o aumento e às mobilizações que tem balançado o país?

O Movimento Passe Livre de São Paulo convida para uma aula pública que vai discutir essas e outras questões nesta quinta-feira, às 17h. Para falar sobre o assunto, dois ilustres convidados: Lúcio Gregori, engenheiro, músico, ex-secretário de Transportes da prefeitura Luiza Erundina (1989-1992) e idealizador do Projeto Tarifa Zero; e Paulo Arantes, filósofo, escritor, pesquisador e professor aposentado do Departamento de Filosofia da USP.

“O local não poderia ser mais adequado: do lado de fora da Prefeitura de São Paulo, será que alguém desce de lá pra discutir Tarifa Zero com a gente?” – é a provocação na descrição do evento.

E hoje, mais dois debates em torno do contexto atual de luta. Um na EACH USP-LESTE, “Mobilizações Populares, o MPL e o cenário político brasileiro”, às 13h, com participação de Wagner Iglecias, Pablo Ortellado, Marcio Moretto e militante do MPL. E outro na PUC, às 19h, “O levante da multidão – constituição selvagem da classe sem nome”, Giuseppe Cocco (História Social UFRJ, rede Universidade Nômade), Hugo Albuquerque (Direito PUC-SP, rede Un), Jean Tible (Antropologia, fundação Santo André, rede UN), Lucio Gregori (“teórico” do Passe Livre), Maurizio Lazaratto (filósofo, militante operaísta), Peter Pal Pelbart (Filosofia PUC-SP), Acácio Augusto (PUC-SP/Nu-Sol) e Alexandre Mendes (Direito PUC-Rio).

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *