Outros Quinhentos já são mais de seiscentos!

151204-OutrosQuinhentos

Programa de sustentação autônoma de Outras Palavras ultrapassa marca de 600 [email protected] Por que participar da manutenção de um jornalismo de profundidade, independente e gratuito

Outras Palavras são Outros Quinhentos, ou melhor, outros seiscentos! Graças às novas contribuições recebidas desde 12 de novembro – quando começou o terceiro ano do programa – a rede de pessoas envolvidas na sustentação autônoma do site já reúne mais de 600 participantes, [email protected] pelo Brasil e pelo mundo. Eles compreenderam que não basta apenas curtir e compartilhar os textos da imprensa alternativa: é preciso apoiar as iniciativas jornalísticas independentes para que tenhamos uma mídia mais plural, diversa e democrática.

As novas adesões são apenas um – ótimo – começo. Até agora, elas permitiram reunir R$ 14.310, menos de 10% do que necessitamos para arcar com os gastos de manutenção de Outras Palavras em 2016: aluguel de escritório, hospedagem de site, equipamentos e remuneração para uma pequena porém aguerrida equipe que coordena o trabalho de nossos [email protected] editoriais (veja os números). Acreditamos numa comunicação sem catracas. Por isso, nosso conteúdo tem acesso gratuito. Este ano, 71,6% de nosso orçamento foi assegurado por Outros Quinhentos. Em 2016, queremos que este percentual chegue a 87,5%.

Há duas maneiras de contribuir com Outras Palavras. É possível ser um colaborador de longo prazo, participando ativamente de Outros Quinhentos. Como contrapartida, oferecemos regalos simbólicos: livros, ecobolsas e camisetas exclusivas, participação em sorteios semanais de mais livros, ingressos para cinema e teatro, DVDs, descontos e gratuidades de nossos parceiros. Mas quem ainda não quer se envolver, e ainda assim aprecia nossos textos, pode fazer uma doação instantânea – R$ 20, R$ 40 ou R$ 70 –, sem vínculos ou contrapartidas.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *