Convite para pensar o Doutorado Informal

Um encontro debate amanhã, em S.Paulo trajetos para quem para deseja aprofundar-se no exame de problemas cruciais sem submeter-se a esquedas da Academia

160118-docinformal

Um encontro debate amanhã, em S.Paulo trajetos para quem  para deseja aprofundar-se no exame de problemas cruciais sem submeter-se a esquedas da Academia

Por Gabriela Leite

É preciso estar dentro da universidade para fazer pesquisa e criar? Alex Bretas e um grupo de estudiosos da educação, que criaram o conceito de Doutorado Informal, acreditam e mostram que não. Na próxima quinta-feira (21/1), em São Paulo, promoverão uma conversa investigativa sobre os princípios do tema, a saber: Curiosidade, Autonomia, Percurso, Entrega e Sabedoria.

A conversa tem como foco a construção coletiva e o conhecimento sobre os cinco princípios que guiam uma aprendizagem autodirigida. “A partir desses cinco princípios, acredito ser possível transformar a educação e a pesquisa brasileiras. Eles são a base do doutorado informal, uma nova forma de construir conhecimento que resgata a liberdade e potencializa a profundidade dos processos de aprendizagem”, escreve Bretas.

O educador é criador do Educação Fora da Caixa, “um projeto de investigação cujo objetivo é irradiar aprendizagens a respeito de experiências, histórias e autores relacionados à educação de adultos.” Ele acredita que por meio da criatividade e autonomia, e estabelecendo trocas com outros pesquisadores, é possível fazer pesquisas inovadoras, sem depender da engessada academia.

Pessoas em diálogo e colaboração constantes são muito importantes nesse projeto inovador. Também por isso o encontro do dia 21/01 é importante. Nele, André vai propor reflexões individuais, exercícios e exibir vídeos relacionados aos princípios do Doutorado Informal. Ele acontecerá no bairro do Paraíso, em São Paulo, próximo ao metrô São Joaquim, das 18h às 22h. O preço é R$ 50. Para saber mais e fazer a inscrição, clique aqui.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "Convite para pensar o Doutorado Informal"

  1. Felipe Marcel Bari da Silva disse:

    Gostaria de receber informações sobre o andamento da proposta de Doutorado informal. Moro no Rio de Janeiro mas obtive bastante interesse no tema, apesar de não poder ter participado no dia 21/01.
    Att;
    Felipe Marcel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *