Na mira de Bolsonaro, a Petrobras e o Pré-Sal

Em dois anos, Temer entregou às corporações estrangeiras 28% de nossas reservas de petróleo. O futuro presidente planeja ir muito além – veja como

Felipe Coutinho, presidente da Associação dos Engenheiros da Petrobras, em entrevista a Antonio Martins | Vídeo: Gabriela Leite

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "Na mira de Bolsonaro, a Petrobras e o Pré-Sal"

  1. Antonio disse:

    Nos Estados Unidos, a maior democracia e referência mundial, não possui nenhuma empresa estatal de exploração, refino ou distribuição de petróleo (que eu saiba) e, nem por isso perderam a soberania. Temos que acabar com essa de que “o petróleo é nosso”. De baixo da terra ele não é de ninguém, só vale após retirado e, aí sim representam divisas e progresso. Como não temos o “dindim” para explorar sozinhos, a solução é deixar que outros explorem em nosso lugar e ganhem para isso.

Os comentários estão desabilitados.