Análise: o que diz o novo Datafolha

Não há um furacão Bolsonaro. Marina está muito debilitada, mas Alckmin não. Ciro e Haddad têm enorme espaço para crescer – desde que evitem, na reta final, a tentação da disputa fratricida. Será possível?
Por Antonio Martins | Vídeo: Gabriela Leite

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

2 comentários para "Análise: o que diz o novo Datafolha"

  1. Sandro Jose disse:

    Disputa fratricida como fez Dilma com Marina Silva em 2014.

    • Luiza Armando disse:

      Por que não deixam a Presidenta Dilma em paz?! Arre, que sanha contra ela! Marina está aí de novo e Dilma, não. Então? Não se deve a Dilma o insucesso de Marina !

Os comentários estão desabilitados.