"Mensalão": os fatos e a farsa

Seletivo, STF puniu PT mas omitiu-se diante da compra de votos por FHC, privataria tucana e 400 corruptores da era Collor…

Por Bob Fernandes, em seu blog

Mensalão

Seletivo e parcial, STF puniu PT mas omitiu-se diante da compra de votos por FHC, privataria tucana e 400 corruptores da era Collor…

Por Bob Fernandes, em seu blog

Há quem diga ser uma farsa o julgamento do chamado “mensalão”. Não, não é uma farsa. É fruto de fatos. Ou era mesada, o tal “mensalão”, ou era caixa dois. Mas não há como dizer que há uma farsa. E quem fez, que pague o que fez. A farsa existe, mas não está nestes fatos.

Farsa é, 14 anos depois, admitir a compra de votos para aprovar a reeleição em 98 — Fernando Henrique –, mas dizer que não sabe quem comprou. Isso enquanto aponta o dedo e o verbo para as compras agora em julgamento. A compra de votos existiu em 97. Mas não deu em CPI, não deu em nada.

Farsa é fazer de conta que em 98 não existiram as fitas e os fatos da privatização da Telebras. É fazer de conta que a cúpula do governo não foi gravada em tramoias escandalosas num negócio de R$ 22 bilhões. Aquilo derrubou um pedaço do governo tucano. Mas não deu em CPI. Ninguém foi preso. Não deu em nada.

Farsa é esquecer que nos anos PC Farias se falava em corrupção na casa do bilhão. Isso no governo Collor; eleito com decisivo apoio da mídia. À época, a Polícia Federal indiciou 400 empresas e 110 grandes empresários. A justiça e a mídia esqueceram o inquérito de 100 mil páginas, com os corruptos e os corruptores. Tudo prescreveu. Fora o PC Farias, ninguém pagou. Isso foi uma farsa.

Farsa foi, é o silêncio estrondoso diante do livro “A Privataria Tucana”. Livro que, em 115 páginas de documentos de uma CPI e investigação em paraísos fiscais, expõe bastidores da privatização da telefonia. Farsa é buscar desqualificar o autor e fazer de conta que os documentos não existem ou “são velhos”. Como se novas fossem as denúncias agora repisadas nas manchetes na busca de condenações a qualquer custo.

Farsa é continuar se investigando os investigadores e se esquecer dos fatos que levaram à operação Satiagraha. Operação desmontada a partir da farsa de uma fita que não existiu. Fita fantasma que numa ponta tinha Demóstenes Torres e a turma do Cachoeira. E que, na outra ponta da conversa que ninguém ouviu, teve o ministro Gilmar Mendes.

Farsa é, anos depois de enterrada a Satiagraha, o silêncio em relação a US$ 550 milhões de dólares. Sim, por não terem origem comprovada, US$ 550 milhões continuam retidos pelo governo dos EUA e da Inglaterra. E o que se ouve, se lê ou se investiga? Nada. Tudo segue enterrado. Em silêncio.

O julgamento do chamado “mensalão” não é uma farsa. Farsa é isolá-lo desses outros fatos todos e torná-lo único. Farsa é politizá-lo ainda mais. Farsesco é magnificá-lo, chamá-lo de “maior julgamento da história do Brasil”.

Farsa não porque esse não seja o maior julgamento. Farsa porque se esquecem de dizer que esse é o “maior” porque não existiram outros julgamentos. Por isso, esse é o “maior”. Existiram, isso sempre, alianças ideológicas, empresariais, na luta pelo Poder. Farsa porque ao final prevaleceu, sempre, o estrondoso silêncio cúmplice.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

18 comentários para ""Mensalão": os fatos e a farsa"

  1. Eu acho que não devemos defender o Lulismo com esses argumentos. É claro que a mídia está em cima dos lulistas. Mas foi Lula quem indicou o Joaquim Barbosa. Nessa ele se deu bem, ficou com sua ficha limpa. O PT, frente de esquerda socialista que defendia Ética na Política e Auditoria da Dívida Pública, faleceu não existe. Os tucanos são deploráveis. Mas Lula abraçou o Nosferatu Maluf ,Sarney, Renan. Virou Lulinha Paz e Amor. Devem todos ir para uma cadeia normal como vãos os proletários pobres quase todos pretos ou quase – pretos (coitados) sem dinheiro para advogado, e vão com algemas e tudo. Injustiça total. Estão gastando muito dinheiro de jatinhos etc. Há muito que virou um espetáculo. Genoino merece um tratamento especial devido ao coração doente. Delúbio? Quem é esse cara meu? Azeredo deve também ser julgado, FHC etc. Mas… não é argumento de defesa do Lulismo. Os grandes líderes do passado destruíram sua história de luta, é um pena. Lamento! A correlação de forças define muita coisa. Lula está salvo e elegerá Dilma.
    Saudações,
    Felipe Silva.

  2. Ronalde Segabinazzi disse:

    Era outro STF, era outro PT, e o Collor hoje é amigão do Lula, além de Renan, Sarney, e o restante de malandros e corruptos do Congresso..

  3. Stefano Venuto Barbosa disse:

    Farsa também é achar que Lula não sabia de nada…

  4. Concordo. Um dia ainda veremos Fernando Henrique abraçado ao Lulinha Paz e Amor, se não se abraçam escondidos. FHC era socialista, mudou para pior. Lulinha não mudou, nunca foi socialista. É sabido, ele se saiu muito bem do mensalão, foi poupado pelos amigos. Blindado. Os jornais não falam no livro A privataria tucana. Precisamos de Partidos Socialistas éticos, lutadores de verdade, sem ser sonhático ou lunático. Risos infelizes.
    Felipe Silva

  5. oswaldo fuzaro disse:

    Farsa é o Maluf, o Sarney, o Renan roubarem durante séculos e o “honesto”Lula e pt se aliarem a eles, pedirem auxílio, dar-lhes guarida nas empresas estatais parasitas…um erro não justifica o outro, quando o PT na década de 80 tinha 20% do eleitorado e se gabava de honestidade eu votava neles, depois virou farinha do mesmo saco, não tem moral pra abrir a boca.
    abraços

  6. Edvania Dias disse:

    “Fato” é que diante de todas as “farsas” que já fomos submetidos, estamos vivendo momentos ímpares na história do Brasil, peixes grandes foram fisgados, e efetivamente estão sendo punidos. De fato tivemos grandes farsas cujos culpados saíram impunes, mas isso não deve ser colocado como argumentos para criticar o que foi feito para punir os corruptos atuais, pois todos merecem ser responsabilizados pelos seus atos, e digo mais essas medidas devem ser atemporal, pois sempre há tempo de puni-los.

  7. Lucas disse:

    Observo em alguns poucos comentários inteligentes e racionais sobre isso expressam preocupação exata e expressamente sobre a forma como foi o julgamento e não de quem foi julgado e condenado, independente de ter cometido ou não os crimes. O que preocupa mais é o abalo que a democracia e o estado de direito sofreu com esse julgamento espetaculoso, excessivamente midiático, por interesse político suspeito, repleto de falhas, cerceando o amplo o direito de defesa dos acusados e o porquê de outros escândalos anteriores, paralelos e posteriores serem abafados, adiados ou engavetados. Esse procedimento é por demais perigoso e preocupante.

    • Agraciado disse:

      Ora Lucas pelo seu talente superior de que poucos são os inteligentes, e seu questionamento ao julgamento do mensalão, com toda humildade e limitação. Lembro que foi a CPI dos Correios, transmitida em vivo pela TV Senado, que pós em evidencia fatos e pessoas do maior esquema de corrupção da história da república. Isto a 8 anos, durante os quais o MP e PF foram desnudando o complexo entranhado que este atentado as instituições democráticas da República produziu, Muito pouca peças acusatória conseguiram produzir as provas que um colegiado de ministros, na sua maioria indicados por Lula e depois Dilma julgaram em atos com transmissão em vivo. Ora desconhecer as manobras protelatórias, alterações de Ministros no mínimo é ser ingênuo. Então categorizar como “abalo da democracia e estado de direito” raia quase nos procedimentos do nazismo. Os outros falados escândalos, não foram impulsados nem por políticos , nem pelo PT nem por Lula. Cabe a ele explicar porque um dos dos banqueiros, Dantas, foi doador de milhões de dólares para uma empresa inexistente de software propriedade do filho de Lula, que passou de trabalhar em um zoológico juntando merda de elefante a condição de magnata. Então ha muitos interessados que outros esquemas, como a Delta onde Ze Dirceu era consultor, os de Cachoerinha bicheiro continuem apenas em processo. 15.11 marcou para sempre simbolizada pela aeronave da Policia Federal cruzando os céus do Brasil e cumprindo com a justiça. Todo vigario e ladrão tem que estar na Papuda.

  8. Maria Sarah da Silva Telles/Sarah disse:

    Finalmente, as instituições democráticas começam a trabalhar com MAIS independência… Sempre foi óbvio que o governo do PT seria e é O mais controlado, vigiado, julgado do que os governos mais conservadores. Não acho racional nos insurgirmos contra o julgamento e a condenação de uma ilegalidade cometida, em nome de outras não julgadas e/ou condenadas. Na realidade o grupo que se envolveu no esquema do mensalão jamais imaginou que seria descoberto, como ainda não o foram os seus precursores… Mas um dia, a justiça chega, e ficam todos indignados contra a condenação de homens poderosos, contra os presídios, a forma como a condenação é realizada. Os condenados do PT são mais brasileiros e mais cidadãos do que os outros milhares de brasileiros que padecem em nosso tosco e desumano sistema carcerário? Não foi com este objetivo, de se acharem superiores ao povão, que lutamos desde a fundação do PT. O projeto de poder do PT ficou idêntico a todos os outros. E é isto que lamento, profundamente: perde a sociedade, perdem todos os que lutam contra as injustiças em que vive a maioria da população brasileira.

  9. Quirino disse:

    isto não é jornal …é um boletim do pt !!!

  10. josé mário ferraz disse:

    É perder tempo argumentar sobra política atual porque o que existe e politicagem, baixaria e muita falta de vergonha. Os livros Honoráveis Bandidos, Privataria Tucana e O Chefe são a mais cabal das provas. A única salvação para esse país de triste sorte só acontecerá quando surgir uma juventude capaz de pensar no futuro. Até lá, o que está muito longe, não sairemos desta situação de grandiosos na arte da canalhice.

  11. Nando Ponti disse:

    Realmente é lamentável que haja pessoas supostamente informadas assumem posições como estas expressas pelo articulista. Antes que me acuse de partidário do PSDB ou de alguma facção petista, informo que não voto nem sou de nenhum destes partidos embora esteja sempre interessado em compreender os fatos e a sociedade em que vivo. Parece que estas pessoas vivem ainda na idade média em que até mortes e guerras eram geradas pelo faccionismo e falta de conhecimento objetivo. O senhor Bobo Fernandes e outros tantos como ele não acrescentam nada nem auxiliam o desenvolvimento político. Tenha as suas convicções e defenda suas propostas. Mas não escreva farsas e bobajadas como essas.

  12. Rodrigo disse:

    Excelente crônica. Aliás, é o que se lê por aqui: palavras devidamente coordenadas e subordinadas com maravilhosos períodos.

  13. iluminados.com disse:

    Muitos CONDENAM o PT, mas a maioria só se informa nas redes de TVs , jornalões e revistonas que na realidade são partidos de oposição ao governo do PT; não ví nos comentários sinal que alguém tenha acompanhado cotidianamente o julgamento do tal mensalão que foi pautado pela imprensa; a mídia só faltou dizer claramente : tem que prender os petistas mesmo que eles provem que são inocentes, e foi quase isso que aconteceu ; condenados SEM PROVAS , pelo tal domínio dos fato, eis a questão, pelo achismo de conveniências,,, se tivesse provas garanto que 4 ministros não deixariam de votar pela condenação e teve até aquel que disse : condenarei mesmo sem provas porque será pedagógico,,, tenha dó ! q justiça é essa e ainda tem gente que fica tripudiando em cima da própria ignorância e da própria desinformação. LAMENTÁVEL

  14. joao.uirapuru disse:

    E agora Joaquim?!!!
    O 2.474 se abriu,
    a festa do mensalão acabou
    e Você se lascou…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *