Reforma urbana, corpos políticos, democracia e autoritarismo

Em meio a turbulência política e ameça autoritária, nova edição da revista “Piseagrama” aborda temas cruciais para outro projeto de país. Lançamento em SP, nesta terça, terá Raquel Rolnik, Bianca Tavolari, Fernanda Regaldo e Antonio Martins

LANÇAMENTO:

Piseagrama 12 — POSSE

Terça-feita, 16/10, às 19h, em São Paulo

Rua Conselheiro Ramalho, 945 (mapa) — Bixiga (metrô São Joaquim ou Brigadeiro)

Entrada grátis, sujeita a lotação da sala

Em tempos de desvios autoritários, o debate colocará o tema das cidades brasileiras em perspectiva política, passando pela luta pela reforma urbana que começou durante a ditadura militar e chegando aos desafios dos últimos anos e dos dias de hoje.

O debate se insere no ciclo de lançamentos da revista Piseagrama, contando com editores da revista, autores de textos e convidados.

Dedicada ao tema POSSE, a edição 12 da Piseagrama conta com a participação de Anna Tsing, Silvan Kälin, Tonico Benites, Paulo Nazareth, Luiz Eloy Terena, Suely Maxakali e Isael Maxakali, Alexandre Nodari, Jaime Lauriano, Selma Andrade, Antônio Bispo dos Santos, Abdias Nascimento, Mametu N’Kise Muiandê e Makota Kidoiale, Ana Rocha, Marco Clausen, Tatiana Blass, Laia Abril, Ada Colau e Adrià Alemany, Clara Nubiola, Raquel Rolnik, Coletivo Gringo, Thiago Benucci, Poraco Yanomami, Bárbara Wagner e Benjamim de Burca, Clara Ianni.

A revista será vendida a preço promocional de R$25.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também: