Vídeo: Olhar nos olhos de nossa tragédia

Abrimos as avaliações sobre a grande derrota eleitoral de 2018. Mas lembramos: novos embates virão, em alguns meses. Precisamos conhecê-los e nos preparar para eles (quatro partes em sequência)

 Por Antonio Martins

Veja a continuação do vídeo)

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

2 comentários para "Vídeo: Olhar nos olhos de nossa tragédia"

  1. Aida Paiva Caetano disse:

    Logo na segunda-feira as 5:45 horas no ponto do onibus um trabalhador negro convida outro trabalhador a pensar uma estrategia caso sofram um atentado no onibus com alguem armado contra os negros. Sera que realmente sofremos uma derrota nas eleicoes? Onde estao os eleitores de Dilma que eram em maior numero que os eleitores de Aecio? Sofremos uma fraude eleitoral ou nossos eleitores migraram para a direita?
    Nao consigo lembrar a foto do Haddad na urna no primeiro turno e fico me perguntando: _Sera que eu realmente votei em Haddad? Porque nao consigo lembrar o momento em que votei pra presidente. Lembro das fotos de todos os outros candidatos em que votei mas nao consigo lembrar da foto nem do momento em que votei em Haddad.

  2. Sonia disse:

    Nossa, me desculpa, mas será que dá para começarmos a nos Importar mais com uma todo chamado Brasil, e pararmos de agressões e ditaduras de tragédias? Penso, que a liberdade de expressão sempre, mas creio que hoje é hora de pensarmos juntos, sem partidos, sem politicagens, e sim focados no Trabalho, para que o Brasil, possa então, pós caos, se erguer um pouco, de tanta marginalidade e baderna, por que vem passando nos últimos trinta anos. A democracia começa quando respeitamos a vontade da maioria e quando paramos de criar o terror ao nosso redor para que nossas opiniões sejam legitimadas. Nossa Nação, Pátria amada, precisa de União, de Projetos, ideias construtivas e não mais de pessoas e partidos centrados em interesses próprios, medrosos e na defensiva de que “seus” direitos poderão ser barrados, isso é inconstitucional… O Atual Presidente deve ser Respeitado, a final foi eleito pelo voto da maioria, e como tal nos representará perante outras Nações. Que tal sairmos da defensiva, do primitivismo, do disque me disque, do mi mi mi, e Unirmos forças por algo bem maior do que partidarismos, Mas pelo Bem comum, por nossa Nação, que é Democrática, Nossa Bandeira, QUE É VERDE AMARELA, COM UM CÉU ESTRELADO, DIZENDO “ORDEM E PROGRESSO”. Tenho certeza, que Juntos, sem partidos, sem lamúrias e fazendo cada um a nossa parte no que deve ser feito onde estamos atuando, teremos sem dúvida um País melhor. É mais SER do que TER, são valores que possam trazer a manifestação do HUMANOS em nós, é mais do que hora de sairmos do parque de diversão e TRABALHARMOS de forma a produzirmos menos politicagem, menos sensacionalismo e mais QUALIDADE DE VIDA.
    Seria insano, se o POVO, seguisse apostando no mesmo, querendo algo diferente. Apoiar presidiário, condenado por corrupção, por ter lesado uma Nação e querer governar uma Nação, isso realmente seria uma doença mental, mas, que bom podemos ver que o POVO Brasileiro, contudo ainda não enlouqueceu. Se queremos mudança, é preciso mudar, apostar no novo, arriscar, do contrário é o naufrágio, embates sempre teremos, o que não podemos é continuarmos a conivência com a impunidade, a marginalidade desenfreada, a corrupção escancarada….
    gracias

Os comentários estão desabilitados.