II Salão do Livro Político debate país em estado crítico

160601-FeiraLivros2

Em S.Paulo, evento desafia, a partir de hoje, pregadores da intolerância e macartismo. Além de lançamentos, preços reduzidos e debates sobre temas centrais da Política, Cultura e Comunicações

O Salão do Livro Político chega à segunda edição em um momento crítico da conjuntura brasileira. Iniciativa independente de editoras vinculadas a questões sociais e política, o II Salão terá como foco a atual crise política brasileira. O evento vai desta quarta (1º/6) até sexta-feira (3), em São Paulo.

“Em tempos de neomacarthismo, quando há um clima de ódio fomentado pelo conluio de juízes, políticos golpistas, colunistas de jornais e o oligopólio midiático que promoveram um golpe de Estado, esse espaço de reflexão será muito bem-vindo”, diz Ivana Jinkings, idealizadora e coordenadora do evento.

Nas mesas de debates estarão os filósofos Marilena Chauí e Vladimir Safatle, os políticos Adriano Diogo e Ciro Gomes, os juristas Fábio Konder Comparato e Alysson Leandro Mascaro, a líder estudantil Carina Vitral e a escritora feminista Clarah Averbuck, além da militante feminista e ex-presa política Amelinha Teles, entre outros nomes de destaque da cena política e cultural.

O Salão vai abordar inclusive a agenda conservadora que, em meio à crise, ganha força no país, em mesas sobre as questões racial e de gênero. Os debates avançam na reflexão com as perspectivas das mídias independentes e o contraponto que representam à imprensa tradicional, a ascensão do teatro político, a emergência dos autores da periferia na literatura, o desempenho do mercado do livro político no Brasil e a questão da Palestina.

A programação ainda inclui projeção de curtas metragens, lançamentos com sessões de autógrafos e apresentações culturais. Na feira de livros, de que participam 25 editoras, os títulos serão vendidos com descontos de até 50%.

Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público. O II Salão do Livro Político ocorre de 1º a 3 de junho de 2016, das 11h às 22h, no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000 – Metrô Vergueiro).

Programação

01/06 – QUARTA-FEIRA

EXPOSIÇÃO: “Escudos Literários do Book Bloc”

12:00n às 14:00h – Mesa Redonda: Escola de luta – o movimento do estudantes contra a reorganização escolar

Coordenador: Pablo Ortellado; Debatedores: Antonia Junqueira Malta Campos, Jonas Medeiros, Marcio Moretto Ribeiro.

14:00 às 16:00h – Mesa Redonda: A ditadura civil-militar e as Comissões da Verdade

Coordenadora: Joana Monteleone; Debatedores: Adriano Diogo, Amelinha Teles, Marcelo Godoy, Milton Pinheiro

15:30 às 16:00 – Exibição de filme: “A boneca e o silêncio”, de Carol Rodrigues

16:00 às 17:30h – Mesa redonda: “A questão de Gênero nos dias atuais” (Teatro Jardel Filho)

Coordenadora:Diana Assunção; Debatedores: Clarah Averbuck, Luka Franca, Rosane Borges

17:00 às 17:45h – Lançamentos/autógrafos

18:00 às 18:45h – Abertura oficial (Teatro Jardel Filho)

19:00 às 20:30 – Mesa redonda: Que democracia? (Teatro Jardel Filho)

Coordenadora: Ivana Jinkings; Debatedores: Fábio Konder Comparato, Marilena Chaui e Vladimir Safatle

02/06 – QUINTA-FEIRA

11:00 às 13:00h – Apresentação de curtas (Sala Paulo Emilio)

14:00 às 16:00h – Literatura na periferia (Sala Adoniran Barbosa)

Coordenador: Ronaldo Matos da Silva; Debatedores: Adenildo Lima, Helena Silvestre, Maria Vilani Gomes

15:00 às 16:00 – Apresentação cultural (Anexo)

Lilian Estela (voz) e Ricardo Poti (violão). .

16:00 às 18:00h – Mesa redonda: “A questão racial”

Coordenador: Silvio Almeida; Debatedores: Djamila Ribeiro, Jonathan Marcelino, Márcio Farias, Natália Neris

18:00 às18:30h – Lançamentos/autógrafos (Anexo)

19:00 às 21:00h – Mesa redonda: “O impeachment de 1992 e o golpe de 2016” (Teatro Jardel Filho)

Coordenador – Fernando Garcia

Debatedores: Alysson Leandro Mascaro, Carina Vitral, Ciro Gomes e Marcio Pochmann

03/06 – SEXTA-FEIRA

11:00 às 13:00h – “A questão da Palestina” (Teatro Jardel Filho)

Coordenador: Cauê Seignemartin Ameni

Debatedores: Reginaldo Nasser, Simone Ishibashi, Soraya Misleh

12:00 às 14:00h – Mesa Redonda: “O Teatro político em São Paulo” (Sala Adoniran Barbosa)

Coordenador: Luiz Carlos Moreira (Engenho Teatral); Debatedores: Fernanda Azevedo (Kiwi), Jairo Maciel (Caminhando), Marcio Rodrigues (Brava), Natália Siufi (Parlendas).

14:00 às 16:00h – Mesa redonda: “Mercado editorial do livro político” (Sala Adoniran Barbosa)

Coordenador: José Castilho Marques Neto; Debatedores: Flamarion Maués, Leda Maria Paulani, Waltemir (Miro) Nalles

16:00 às 18:00h – Mesa redonda: “O futuro da mídia independente” (Sala Adoniran Barbosa)

Coordenador: Wagner Nabuco(Revista Caros Amigos)

Debatedores: Antonio Martins (Outras Palavras), Breno Altman, Haroldo Ceravolo, Luis Nassif (GGN) Maria Carolina Trevisan (Ponte Jornalismo)

17:00 às 18:30h – Lançamento/ sessão de autógrafos

O mito da democracia racial (Wilson Honório da Silva, Editora Sundermann)

Teatro Catarina – 15 anos (Jairo Maciel)

19:00 às 21:30h – Mesa redonda: “Leituras do Brasil de hoje” (Teatro Jardel Filho)

Coordenador: Jorge Breogan

Debatedores: Luiz Araújo (presidente do PSOL 50) , Mauro Iasi (Presidente do PCB), Orlando Silva Jr. (deputado federal do PCdoB), Zé Maria (presidente do PSTU Nacional).

20:45 às 21:00h – Encerramento (Teatro Jardel Filho)

21:00 às 21:45h – Sarau do livro (Sala Adoniran Barbosa)

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "II Salão do Livro Político debate país em estado crítico"

  1. Arthur Araujo disse:

    Ótima iniciativa, principalmente em tempos tão criticos como o atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *