O Rei da Vela no canal do Oficina

O filme de 1982, com Renato Borghi, Maria Alice Vergueiro e José Wilker no elenco, só passava em exibições especiais. Agora, está de graça na TV Uzyna, iniciativa do Teatro Oficina para arrecadar fundos e manter a companhia em meio à pandemia

Por Simone Paz

A maior peça brasileira de todos os tempos, O Rei da Vela, escrita por Oswald de Andrade e levada aos palcos por Zé Celso e seu Teat(r)o Oficina, estreou em 1967 — e deu início ao movimento tropicalista. Foi motor de provocações que levaram compositores e cineastas a criar uma nova estética e linha de pensamento brasileiro nas artes.

Em 1971, foi reencenada e teve suas apresentações filmadas, que viraram material para o filme de 1982. O filme do Rei da Vela, juntou assim, trechos da montagem de 71 e imagens alegóricas e de outros filmes, para compor o longa-metragem, no qual o ator Renato Borghi reproduz para a câmera sua interpretação de Abelardo 1º e José Wilker faz Abelardo 2º.  A recém-falecida Maria Alice Vergueiro, importante membro da companhia, fazia o papel de Dona Cesarina.

O filme era destinado a raras exibições especiais, mas agora está ao alcance de todos, grátis, no YouTube: é só acessar o canal da TV Uzyna.

A iniciativa da companhia é arrecadar fundos por meio de um ingresso solidário antecipado, para ajudar a manter o teatro, seus artistas e trabalhadores, enquanto as portas permanecem fechadas por causa do coronavírus. Compre o seu ingresso aqui (no valor de uma meia-entrada)!

Assista ao Rei da Vela e entenda como a elite brasileira nunca quis tirar o Brasil do atraso. Embora escrito em 1933, o texto não deixa de ser atual.


Compre um INGRESSO SOLIDÁRIO e troque por uma entrada em qualquer espetáculo da companhia após o fim da quarentena:

https://bit.ly/OficinaIngressoSolidario

Arte de Hélio Eichbauer para montagem original de 1967

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *