Mobilidade urbana: os chineses pensam num novo veículo

Híbrido entre metrô e ônibus, ele trafegará sobre trilhos, acima dos automóveis. Pode ser implantado rapidamente, a custo relativamente baixo — mas transporta até 1200 passageiros

Por Jéssica Lipinski no Instituto CarbonoBrasil

131015-China

Híbrido entre metrô e ônibus, ele trafegará sobre trilhos, acima dos automóveis. Pode ser implantado rapidamente, a custo relativamente baixo — mas transporta até 1200 passageiros

Por Jéssica Lipinski no Instituto CarbonoBrasil

Com o excesso de carros nas ruas, a insegurança em andar de moto ou bicicleta e as opções muitas vezes problemáticas dos transportes públicos, é comum se perguntar se há algum meio de transporte urbano realmente eficiente. A resposta, pelo menos para os chineses, pode estar acima das ruas. Trata-se de um projeto de transporte urbano semelhante a um metrô, mas que passa por cima dos carros.

O veículo, chamado Land Air Bus, é uma mistura de ônibus e metrô, e seus trilhos ficariam localizados à margem das vias, enquanto ele passa por cima das ruas e avenidas, como se fosse um túnel.

Um dos chamarizes do projeto, além de prometer reduzir o trânsito em 30%, é o corte no uso de combustível: o veículo, que é parcialmente movido por placas solares e motor elétrico, economizaria até 860 toneladas de combustível por ano, e diminuiria a emissão de dióxido de carbono para a atmosfera em 2640 toneladas anuais.

Outras vantagens são a rapidez e o preço de sua construção: enquanto que, para construir 40 quilômetros de infraestrutura de metrô seriam necessários três anos, para a implementação do Land Air Bus seria necessário apenas um ano, e custo dez vezes mais baixo.

O ônibus comporta até 1200 pessoas, divididas em quatro vagões com uma capacidade de 300 pessoas cada. O veículo possui seis metros de largura por quatro de altura e ocupa duas pistas, permitindo que carros de até dois metros de altura passem por baixo.

Ele pode chegar a até 60 quilômetros por hora, mas deve andar a uma velocidade média de 40 km/h. O Land Air Bus tem ainda um sistema que freia automaticamente em caso de emergência, como um acidente à frente.

Embora ainda não haja previsões concretas da implementação do ônibus em nenhuma cidade chinesa, o projeto está sendo apresentado no país como o futuro do transporte nas grandes cidades, e há rumores de que um trecho seria construído na cidade de Pequim.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

2 comentários para "Mobilidade urbana: os chineses pensam num novo veículo"

  1. Arlete arruda disse:

    Os chineses estão copiando o aeromóvel do Coester de Porto Alegre . Tem todas as caracteristicas deste. Quando vamos valorizá-lo????

  2. Vitor Menezes disse:

    Arlete tem razão (em parte). O veículo chinês não é uma cópia do aeromóvel, ele é feito para circular nas avenidas, por sobre os automóveis. Já o aeromóvel é semelhante ao vagão de metrô, que circula em um elevado sobre colunas e com a “grande” diferença: é movido a ar. E o que é mais importante: é totalmente nacional. E aí, copiando a Arlete: Quando vamos valorizá-lo????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *