A Fifa manda?

Documentário sobre preparativos da Copa da África do Sul de 2010 aponta exigências absurdas ao país anfitrião, que impedem qualquer benefício para sua população

Na Pública

O Brasil se prepara para receber a Copa do Mundo em 2014, anunciada pelo governo e pela FIFA como uma grande oportunidade para o país. Trabalhadores teriam mais empregos, comerciantes lucrariam mais, e a população das 12 cidades sede se beneficiaria com investimentos em infraestrutura que perdurariam depois dos eventos.

Mas o documentário que o jornalista Rudi Boon fez para a holandesa VPRO em 2009, quando os africanos viviam a efervescência do pré-Copa, mostra que podemos estar vivendo uma grande ilusão. O país que recebe o megaevento é mais cenário do que ator, e sua população perde direitos básicos, vigiada até no uso da linguagem: os africanos, por exemplo, não podiam usar o termo Copa do Mundo, nem Copa da África do Sul, ou Copa 2010, nem pintar esses dizeres em camisetas e souvenirs.

As tradições culturais foram instrumentalizadas, a população perdeu espaços coletivos e os produtos comercializados em qualquer local próximo aos estádios eram decididos pela FIFA. Essas regras também fazem parte do acordo do Brasil com a FIFA para 2014. Assista aqui o documentário:

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

11 comentários para "A Fifa manda?"

  1. Daniel disse:

    De maneira alguma podemos dizer que várias medidas prejudicarão grande parte da população, mas foi o Brasil que escolheu receber o evento, sabendo das implicações sociais que isso acarretaria. Por mais hábil que tenha sido o governo de Lula ele aceitou tais efeitos colaterais quando cando candidatou o país como cede do evento.
    Uma coisa, porém, me deixou muito intrigado no texto: quem vigiaria os brasileiros quanto a utilização do termo ‘Copa do mundo’? Isso não faz muito sentido, principalmente no meu estado onde o comércio de produtos falsificados são facilmente encontrados.

  2. Martial Machado disse:

    ‎”O país que recebe o megaevento é mais cenário do que ator, e sua população perde direitos básicos (…)” A Meia-entrada está indo, a Geral já foi há anos e a cerveja é só pros gringos. Viva a Copa 2014!

  3. Great post. I was checking constantly this weblog and I am inspired! Very useful info specifically the closing part 🙂 I care for such info a lot. I used to be seeking this particular information for a long time. Thank you and best of luck.

  4. dudisela disse:

    A great solution for you is using Poxipol for this kind of project.
    you can find it here:
    Poxipol
    thanks

  5. dudiram disse:

    great post!
    the issue you discussed has great importance.
    thanks again
    Orgat

  6. Meris Zisu disse:

    besto fzae1 1scc3s Really like this article of yours. Keep it up man and good luck. besto fzae1 1scc3s.

  7. airjordan disse:

    You’ll be able to air jordans 2011 view within the wide new jordan shoes 2012 assortment and select air jordan 1 cheap your decision.

  8. airjordan disse:

    Huge bead established into the air jordan six travelling bag is just about the air jordan 23 features to obtain jordan retro 1 oversea pals.

  9. john timson disse:

    You LOVE sports – stay in the know. Check out Yahoos Fantasy Minute – ad http://goo.gl/ixRyJ

  10. kocaeli disse:

    The Zune concentrates on being a Portable Media Player. Not a web browser. Not a game machine. Maybe in the future it’ll do even better in those areas, but for now it’s a fantastic way to organize and listen to your music and videos, and is without peer in that regard. The iPod’s strengths are its web browsing and apps. If those sound more compelling, perhaps it is your best choice.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *