Cinco galerias de arte em lugares abandonados

O que o capital despreza, a arte pode transformar. O lixo de um ser humano pode ser a tela de outros

Na Hypnesess

murs_interna

O que o capital despreza, a arte pode transformar. O lixo de um ser humano pode ser a tela de outros

Na Hypenesess

Se algo fica velho e desinteressante, é natural nós substituirmos por um novo. Já para lugares que foram sumariamente abananados porque estavam podres ou esquecidos, é diferente. Existem pessoas que desejam simplesmente recriá-los, alterar sua aparência e propósito. Como provam esses cinco casos, muitas vezes, o lixo de um homem pode ser a tela de outro.

1. Nizhny Novgorod, Rússia

r1

r2

r3

r4

A coleção chamada “The Living Wall”, de Nikita Nomerz, tem como objetivo preencher o vazio urbano pulverizando sua imaginação em edifícios antigos, torres de água, pontes, registros e outros lugares isolados, onde ele pode pintar sem perturbações.

2. Ronse, Bélgica

b1

b2

b3

b4

b5

A antiga escola de enfermagem virou o lar do grafite na região, onde as paredes são cobertas com personagens de quadrinhos. Todos feitos pelo artista Pete Uno.

3. Flintshire, North Wales

n1

n2

n3

n4

Este navio negligenciado e enferrujado, o duque de Lancaster, foi deixado em Dee, Flintshire, em 1979. Recentemente, virou uma galeria de arte flutuante pela equipe DuDug.

4. Berlim Alemanha

a1

a2

a3

a4

Cena de arte de rua de Berlim não é algo que pode ser simplesmente esquecido. Mesmo esta antiga base militar se transformou em galeria de arte. O grafite, honrando o passado nazista do local, é assustador.

5. Miami, Florida, Estados Unidos

e2

e3

e4

e1

Este decadente bairro porto-riquenho se transformou num verdadeiro santuário do pop art em Miami. De armazéns abandonados até restaurantes, tudo está coberto com pichações em vários estilos, feita por artistas de rua famosos em todo o mundo.

 

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *