Justiça: arma contra os blogs

 

Ações judiciais podem estar sendo usadas abusivamente, para silenciar as críticas dos que não têm recursos para enfrentar baterias de processos.

 

Por Adriana Delorenzo, Revista Forum

No I Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, realizado em agosto de 2010, o blogueiro Lúcio Flávio Pinto, do Jornal Pessoal, de Belém (PA), enviou uma carta a São Paulo, onde ocorreu o Encontro. Lida por seu filho, a carta denunciava que o jornalista enfrentava pelo menos 19 processos por parte da família Maiorana, dona do grupo do jornal O Liberal, chegando a ser espancado por um deles, Ronaldo Maiorana. “Já tentaram me desqualificar, já me ameaçaram de morte, já saíram para o debate público e não me abateram nem interromperam a trajetória do meu jornal. Porque em todos os momentos provei a verdade do que escrevi. Todos sabem que só publico o que posso provar. Com documentos, de preferência oficiais ou corporativos”, dizia.

Lúcio Flávio não é o único a sofrer processos e ameaças por conta de suas postagens. A lista, infelizmente, é imensa: o blog A perereca da vizinha; o blog Falha de S. Paulo; e recentemente o Blog do Esmael, fora do ar há quase um mês e alvo de ação por danos morais por conta de postagens que fez denunciando o uso de caixa 2 pelo tucano Beto Richa nas eleições de 2008, em Curitiba; entre outros.

“É a judicialização da censura”, definiu o jornalista e blogueiro Paulo Henrique Amorim, do Conversa Fiada, no Encontro dos Blogueiros Progressitas do Rio de Janeiro, no último fim de semana. Ele responde a 28 ações judiciais, sendo que 12 são do Daniel Dantas. Na lista dos que o processam estão Naji Nahas, Ali Kamel, Gilmar Mendes, Heráclito Fortes, Carlos Jereissati e Diogo Mainardi.

“Nossos adversários tentam criar uma jurisprudência para nos punir e nos calar pelo bolso”, afirmou Paulo Henrique, que questiona quantos blogueiros têm condição financeira para contratar um advogado para se defender.

Todos esses processos estão relacionados, segundo Paulo Henrique Amorim, ao debate da nova realidade das comunicações, com a internet e o crescimento do número de blogs e outros formas de ativismo. Para o blogueiro Rodrigo Vianna, do Escrivinhador, muitos leitores do jornais impressos migraram para blogs. Apesar de reconhecer vitórias com o aumento da pluralidade informativa, Vianna, acredita que é preciso superar o desafio de os blogueiros irem além dos comentários dos conteúdos dos outros. “Nós continuamos fazendo ‘metajornalismo'”, comparou.

De qualquer forma, Paulo Henri alerta: “Temos que tomar cuidado com o que dizemos, pois estamos à espreita”. “O cala boca dos blogs é feito usando o judiciário.”

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

3 comentários para "Justiça: arma contra os blogs"

  1. pedro chiappini disse:

    porque eles não se unem para somar forças!? dessa forma poderiam contratar advogados em conjunto, como entrar com ações conjuntas!

  2. Paulo Cezar de Mello disse:

    Só pelo nome de alguns dos distintos senhores que abrem processos contra os blogueiros, dá para avaliar a importância desse (já não tão) novo meio de difusão de notícias. Mais: acho que o blog representa hoje um vislumbre do futuro do jornalismo. Os jornalões, os impérios de comunicação começam a perder o fôlego sob o próprio peso que acumularam. E se desesperam ao perceber a própria obsolescência em que vão caindo neste começo de século XXI. Os blogueiros ainda devem passar algum tempo sofrendo pressões de gente mais poderosa, infelizmente. Grandes mudanças demoram a acontecer. Mas seu papel de protagonistas já começa a se revelar nesse fato mesmo. O futuro está vindo.

  3. Alba Vieira disse:

    Bom dia. Interessante artigo, pois estou sendo processada por danos pela empresa Algar de Campinas, apenas por dizer a verdade… rsrsrs
    Já a Embraer, esta não me processoum pois sabe que foi verdade, tanto que rompeu contrato com a Algar.
    Quem quiser processar que entre na fila, pois nem advogado pagaria para me defender, uma vez que não tenho dinheiro e eu mesma me defenderia e não sei nada área de direito… rsrs
    Abçs,
    Alba
    http://albav.blogspot.com
    PS Hoje postei sobre a precária saúde em Campinas, INSS, Georgina e congêneres… rsrsrs
    Vou divulgar no meu blog no próximo post e dar o link daqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *