Obama e os direitos humanos

Por João Rabello

Sexta-feira, em meio a uma chuva de críticas à espionagem global realizada pelos EUA, Obama deu declarações vagas. Afirmou que é necessário encontrar equilíbrio entre segurança e liberdade — mas não mostrou nenhuma inclinação a diminuir a vigilância.

130813-vigilancia

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "Obama e os direitos humanos"

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *