Ladislau Dowbor fala a Outras Palavras

Conversa, que vai ao ar na quinta-feira, a partir das 19h, marcará pré-estreia de “Outros Canais”, nossa webTV

Que projetos — e que disputas — serão necessários se quisermos construir no Brasil, nos próximos dez anos, cidades socialmente mais justas e ambientalmente menos predatórias? A poucos meses da Rio+20, como os habitantes das metrópoles podem se organizar para exigir a redução das emissões de CO², nas próprias cidades que habitam? Conhecido por décadas de pesquisa científica e apoio ao desenvolvimento de projetos transformadores, o economista Ladislau Dowbor tem se dedicado a estes dois temas, nos últimos tempos. Sobre eles, falará a Outras Palavras, em entrevista coletiva — ao viovo, em vídeo e com participação do público — no próximo 5 de abril (quinta-feira), às 19h.

A criação de uma webTV é a primeira, de um conjunto de novidades preparadas pelo site para 2012. Em sua primeira fase, a webTV produzirá, prioritariamente, entrevistas. As novas mobilizações sociais, que Outras Palavras se esforça por acompanhar e debater, produzem personagens ricos, que têm experiências e reflexões instigantes a compartilhar. Queremos dar-lhes voz, dialogar em profundidade com elas. Também pretendemos ouvir, com frequência, quem estuda grandes problemas brasileiros ou internacionais.

As entrevistas serão, sempre que possível, preparadas com os leitores. Para a conversa com Ladislau, sugerimos, por exemplo, São Paulo 2022, o resultado de um vasto estudo interdisciplinar, em que atuou como Consultor científico. Foi produzido pela Rede Nossa São Paulo. Inaugura algo novo no país: a tentativa de imaginar, coletivamente, cenários alternativos para nossas metrópoles. Visa oferecer, às sociedades, um horizonte de transformações, pelas quais vale lutar. O texto examina, por exemplo, o que é preciso mudar — política, econômica, social e culturalmente — para garantir uma cidade de rios despoluídos, esgoto 100% tratado, transporte coletivo e ciclovias fartas. Nesta urbe, segue o texto, a riqueza já não será o acúmulo de bens, mas o acesso à cultura, conhecimento e conectividade. A banda larga estará estendida a todos. As escolas superarão as relações arcaicas entre professor e aluno e tirarão proveito do saber que circula nas redes. Não se trata de utopia distante, mostra o estudo, mas de algo alcançável com os recursos e a tecnologia existentes — faltam ampliar a consciência, reorientar desejos, criar articulação social.

Para o segundo tema da conversa — a Rio+20 –, experimente assistir a entrevista recente de Ladislau à TV Meio-Ambiente, acessível abaixo. Além de repassar os temas que serão tratados na conferência, e a possível transição para uma nova economia, debate-se algo às vezes negligenciado: quem está no comando? Que caminhos podem permitir que as relações de poder, hoje tão favoráveis a lógicas social e ambientalmente predatórias, sejam transformadas?

A entrevista com Ladislau tem caráter de pré-lançamento. Para implantar a webTV Outros Canais, serão necessários equipamentos e uma pequena equipe. Para reuni-los, Outras Palavras recorrerá aos próprios leitores, por meio do site Catarse. Estamos convencidos há gente disposta a mobilizar-se — inclusive em quotizações modestas — para que uma nova mídia possa se consolidar e expandir, no Brasil e no mundo.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *