É possível um crowdfunding pós-capitalista?

141126-Che

“Outras Palavras” acredita que sim! Veja como o dinheiro de nossos leitores (e o seu) pode sustentar um site para o qual a vida não é mercadoria

Por Antonio Martins

O núcleo de redação de Outras Palavras concluiu, há algumas horas, uma etapa de trabalho intensa e absorvente – porém necessária. Está no ar, num novo site, o programa Outros Quinhentos, em sua versão para 2015. Por meio dele, queremos mobilizar os leitores para garantir a continuidade e expansão de nosso projeto editorial. O chamado é necessário devido às condições peculiares em que o site foi criado e se mantém.

Lançado em 2010, para oferecer uma visão sobre o mundo e o Brasil alternativa à dos velhos jornais, Outras Palavras recusa-se ao panfleto e à superficialidade. Não nos agrada repetir a crítica às manipulações da mídia de mercado. Queremos cumprir o papel a que ela renunciou: examinar em profundidade grandes temas de nossa época. Expor os limites da ordem social em que estamos mergulhados. Destacar as lógicas que emergem de lutas e práticas inovadoras: entre outras, o compartilhamento, a colaboração, a redistribuição de riquezas, a busca de novas relações entre o ser humano e a natureza. Ressaltar a possibilidade do pós-capitalismo.

Em menos de cinco anos, esta proposta revelou seu alcance. Em torno dela, reuniram-se algumas centenas de colaboradores e um vasto público leitor (mais de 17 mil textos lidos por dia, 213 mil “curtidores” no Facebook). Mas as condições para existência de Outras Palavras são difíceis, num mundo em que as relações mercantis são hegemônicas. Nossa produção é oferecida gratuitamente. Mas para isso, enfrentamos custos muito concretos.

Nossa resposta é recorrer à mobilização consciente dos leitores, sempre que possível de forma criativa. Por meio da nova versão de Outros Quinhentos, pretendemos arrecadar, de hoje até março (quando completaremos cinco anos) R$ 160 mil. Se alcançada, a meta permitirá manter nosso trabalho por um ano e abrirá caminho para novos projetos. Oferecemos, aos participantes deste esforço – os que aderirem a partir de agora e os que já se somaram à sustentação de Outras Palavras –, singelas contrapartidas, relacionadas a uma novidade. Em seu segundo ano, Outros Quinhentos vai se converter, também, num canal para circulação de produções culturais alternativas e produtos da Economia Solidária.

Participar de Outros Quinhentos é fácil, seguro e módico. Pequenas contribuições, de muitos, manterão vivo nosso jornalismo de profundidade. Em minutos, você receberá um boletim especial com todas as informações sobre a campanha – que começa sob a égide de Frida Kahlo. O ritmo de publicação de textos em Outras Palavras, reduzido nas últimas semanas devido ao esforço para construiu a nova iniciativa, será regularizado a partir de amanhã. Desde já, receba nossa gratidão.

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

3 comentários para "É possível um crowdfunding pós-capitalista?"

  1. Robson disse:

    Gosto muito dos texto de vcs, pq não fazem um canal no youtube?

  2. José Paulino Abranches Neto disse:

    Podem contar com minha modesta contribuição.
    Sugestão que julgo importante: em nome da transparência pela qual todos lutamos, seria coerente que o OUTRAS PALAVRAS disponibilizasse sua prestação de contas, em uma espécie de orçamento participativo.
    Parabéns pelo trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *