Jean-Claude Bernardet escreve a Eduardo Cunha

160913_ricardoiii

Rei Ricardo III, um dos mais fascinantes vilões de Shakespeare

“Muitos amigos meus exultam com a tua cassação. Eu não. O sistema político continua intacto. Mas se soltar a língua, você derruba a República e se torna shakespeariano”

Por Jean-Claude Bernardet

Cunha, cê fez o trabalho sujo e agora eles te cospem. Eles são assim mesmo.

Muitxs amigxs meus minhas exultam com a tua cassação. Eu não.

Porque o sistema que te levou ao poder continua intacto.

Pela sua sede enlouquecida de poder, seu espírito de vingança, suas mentiras, suas traições, sua desonestidade. sua arrogância e desfaçatez, você pode ter as dimensões de um personagem shakespeariano. Você tem de ir até o fim.

A vassoura da história vai varrer os Temer, os Renan.

Se soltar a língua, você derruba a República e se torna verdadeiramente shakespeariano, a História não te esquecerá.

É já. Não haverá outra oportunidade. Se perder essa chance, vassoura…

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

4 comentários para "Jean-Claude Bernardet escreve a Eduardo Cunha"

  1. Jorge disse:

    SHOW!
    Mas acho que ele vai preferir devolver, quem sabe até dezena de milhão, e ficar “preso” numa bela casa por uns 3 anos e depois desfrutar pelo do resto da dinheirada que sobra. Este tipo de lacaio/vassalo é sempre muito bem remunerado pela ordem estabelecida, aqui no brasil e no exterior.
    Sabe bem que, hoje, não existe nada mais podre que o poder judiciário, ministério público e pf (minúscula mesmo) enquanto instituição do Brasil.

  2. josé mário ferraz disse:

    É triste a realidade, mas nossas instituições públicas estão caindo de podridão. O único poder capaz de arrumar as coisas, o da juventude, foi anulado pelas Forças Ocultas que conduz sua mente a preferir igreja, futebola e axé ao futuro de seus descendentes.

  3. Genovan de Morais disse:

    Puxa! 10 linhas somente. Uma síntese brilhante, parabéns! Confesso que cá com meus botões tenho dado umas gargalhadas com essa sujeira toda, mas todas elas com um travo amargo.

  4. Paulo Cardoso disse:

    Pena que Cunha discursará para um jurídico sem resultado prático, pois os “deixa disso” aristocráticos amordaçam qualquer continuidade do bem e asseguram a do mal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *