Che Guevara: a carta de despedida a Cuba e Fidel

Em documento histórico, o anúncio da partida para a África e Bolívia. No texto, a admiração permanente ao “comandante”. Nas entrelinhas, a pena por haver sido derrotado nos debates sobre o futuro da revolução

Curadoria e narração: Alexandre Machado

 

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Um comentario para "Che Guevara: a carta de despedida a Cuba e Fidel"

  1. José Fernando Pina Assis disse:

    Maravilhoso!!!!
    Para Guevaristas (rebeldes como eu) nada mais digno que a força do verbo VERDADE. A História é feita desses verbos, que quando colocados à disposição dos povos, como em Mao Tsé Tung, Ho Chi Minh, Mahatma Ghandi, Nelson Mandela, Vladimir Lenin, Eresto Guevara…, humilham sem dó os verbos MENTIRA do fascismo.
    Esse é um presente dos deuses!,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *