(Anti)Cátedra: olhar dos povos originários na Unifesp

Como uma universidade brasileira abriu espaço para troca de conhecimentos com indígenas e quilombolas. Nomeada Kaapora, em homenagem a figura folclórica sem cor ou gênero, iniciativa busca abrir-se a vivências não-hegemônicas

Produção: Peripécia Filmes

Veja todos os vídeos da série Universidade Pública, Conhecimento Público:

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também: