A Cruel Pedagogia do Vírus

O título é o nome do ensaio de Boaventura de Sousa Santos, que ganhou edição digital pela Boitempo, na coleção Pandemia Capital. Tem cinco capítulos e você pode concorrer a um dos 5 e-books grátis que temos para Outros Quinhentos

Por Simone Paz

“A Cruel Pedagogia do Vírus” é um ensaio escrito por Boaventura de Sousa Santos, autor recorrente em Outras Palavras (veja aqui) e publicado pela editora parceira, Boitempo, que está com a excelente coleção Pandemia Capital — somente de livros digitais a preços acessíveis.

Na obra, o autor reflete sobre as súbitas mudanças de hábitos impostas em todo o planeta, como o tempo dispensado aos filhos, a diminuição da poluição nas grandes cidades e a redução do consumo desenfreado. Segundo ele: “Mostra-se que só não há alternativas porque o sistema político democrático foi levado a deixar de discutir as alternativas”.

Boaventura faz uma importante menção aos grupos mais afetados pela crise ao redor do mundo e credita ao capitalismo enquanto modelo social nossa inabilidade de fazer frente a ela: “Só com uma nova articulação entre os processos políticos e os processos civilizatórios será possível começar a pensar uma sociedade em que a humanidade assuma uma posição mais humilde no planeta que habita”.

O ensaio é dividido em cinco capítulos, dos quais, os dois primeiros já foram publicados em nosso site: Vírus, tudo que é sólido desmancha no ar; e O vírus transparente e os unicórnios invisíveis.

A vantagem do e-book é poder ler tudo organizadinho, em formato Kindle, que dá para baixar e ler no celular, tablet ou computador, ou no próprio Kindle, sem necessidade de internet constante e sem precisar carregar o livro pra lá e pra cá.

Temos 5 e-books para sortear entre vocês, nossos apoiadores.

Para concorrer,
preencha este formulário até sexta-feira, 22 de maio de 2020.

Não deixe de conferir os excelentes lançamentos da Boitempo Editoral, aqui.

Caso queira comprar com desconto de 20%, peça seu cupom para [email protected] (ATENÇÃO: só é válido para colaboradores de nosso financiamento coletivo, Outros Quinhentos).

Abraços e boa semana!

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *