Um clássico da comida de hospital e da merenda escolar. Por quê? É difícil entender.

Essa gelatina segue a média do mercado: nada de natural no sabor descrito na embalagem. De uva, só a cor.

Esse é um ultraprocessado e, de acordo com o Guia Alimentar para a População Brasileira, deve ser evitado.

No aplicativo Desrotulando, a gelatina Dr. Oetker Uva recebe 39 de um total possível de 100, sendo classificada como “Ruim”. O aplicativo acrescenta que há na lista de ingredientes sete aditivos controversos.

Ingredientes, do mais ao menos usado: açúcar, gelatina, sal, vitamina C, reguladores de acidez citrato de sódio e ácido fumárico, aromatizante, edulcorantes aspartame, ciclamato de sódio, acesulfame de potássio e sacarina sódica e corantes bordeaux S, amarelo crepúsculo FCF e azul brilhante FCF.