Occupy Wall Street em imagens

Quando a prefeitura de Nova York ameaçou retirar os manifestantes da Liberty Plaza, jovens de vários lugares dos Estados Unidos e do mundo deram mostras de solidariedade ao Occupy Wall Street.

Em 14 de Outubro, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, anunciou o despejo dos manifestantes que participam do movimento Occupy Wall Street, alegando que a praça precisava ser limpa. Os integrantes do movimento contra argumentaram que a limpeza era apenas uma desculpa para retirá-los da praça e enfraquecer o movimento. Os participantes pediam que a limpeza fosse executada de outra forma, e que nem todos os presentes precisariam ser retirados.

A notícia caiu na internet. Alguns sites de notícias favoráveis ao movimento organizaram uma petição e, a partir de 15 de Outubro, além das manifestações em redes sociais, comunidades se organizaram para demonstrar publicamente seu apoio ao movimento nova iorquino. Manifestações eclodiram em mais de 100 cidades americanas e em mais de 1.500 cidades ao redor do globo.

Em 15 de Outubro, o prefeito de Nova York postergou a remoção dos participantes, esclarecendo que a limpeza seria discutida e executada com ampla participação dos manifestantes.

Abaixo algumas fotos das manifestações de apoio:

Gostou do texto? Contribua para manter e ampliar nosso jornalismo de profundidade: OutrosQuinhentos

Leia Também:

5 comentários para "Occupy Wall Street em imagens"

  1. Renam disse:

    Fiquei com a impressão esquisita sobre o texto que apresenta as imagens. Parece que as manifestações do 15o tiveram a solidariedade contra as remoções como mote propulsor e principal…

    • Olá Renam,
      Você tem razão, a demonstração pública sincronizada foi marcada antes da notícia de despejo por parte de Bloomberg e muitos dos países participantes já estão – durante 2011 – num processo de ocupações públicas como forma de protesto, como é o caso da Espanha, Israel, Chile, Alemanha.
      Acredito que o movimento Occupy Wall Street, tenha incentivado muito mais gente a participar e tenha, sim, aberto um precedente para mais e mais demonstrações em todos os continentes, especialmente dentro dos Estados Unidos.
      Obrigada pelo comentário.
      Elaine

  2. Walter Hauer disse:

    Crédito de carbono, é igual a derivativos de Wall Street. É pura especulação financeira. Abram os olhos para a mega conspiração que se esta preparando para a RIO +20. Veja como foi depois da “eco” Rio 92, A imposição da ditadura verde inverteu valores e os recursos públicos foram desviados para a mídia comercial, para eventos milionários, ecoturismo para os eco doxomaníacos, para as grifes ambientalistas e seus flanelinhas verdes. Para o povo, imobilidade e pobreza obrigatória e mais a instabilidade jurídica no campo. Conheça a história no blog mataalheiamamatano$$ablogspot.com e divirta-se com as charges.

  3. Um movimento sem um cunho ideológico específico que está sendo apropriado tanto pela direita como pela esquerda.

  4. renato machado disse:

    São imagens impressionantes. Tremei tiranos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *