Marcelo Reis de Mello

É poeta, editor, tradutor e crítico literário. Possui graduação em Letras pela UniBrasil e Universidad Nacional Mayor de San Marcos (2008). É mestre em Estudos de Literatura e doutorando em Literatura Comparada pela Universidade Federal Fluminense, tendo recebido bolsas de pesquisa do CNPq e da Capes. Atualmente integra o quadro efetivo da Coordenadoria de Arte e Oficinas de Criação Artística da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - COART UERJ, onde realiza e coordena atividades de extensão na área de literatura. Como poeta publicou Esculpir a Luz (Cozinha Experimental, 2010), Violens (7Letras, 2016), Elefantes dentro de um sussurro (Cozinha Experimental / Azougue, 2017) e José mergulha para sempre na piscina azul (Garupa, no prelo). Para a Coleção Nomadismos, das editoras Circuito e Azougue, traduziu os seguintes livros de ensaios : O homem mais portátil do mundo, de Arturo Carrera (2014), Suturas: um breviário, de Daniel Link (2016) e Leituras furadas, de Luis Felipe Fabre (2018). Além disso, traduziu e organizou o romance São Manuel Bueno, mártir, de Miguel de Unamuno (Cozinha Experimental, 2017). Como editor, organizou e publicou livros de dezenas de poetas, tais como Torquato Neto, Roberto Piva, Glauco Mattoso, Josely Vianna Baptista, Orides Fontela, Armandos Freitas Filho, Leonardo Fróes, Silviano Santiago, etc.

1 artigo encontrado

mostrando resultados dos canais:
OutraSaúde
Conheça
O joio
e o trigo
Conheça
OutrosQuinhentos
Programa de financiamento autônomo e em rede de OutrasPalavras
Saiba Tudo
Temos novos projetos. Em meio à crise civilizatória e à ameaça da extrema direita, sustentamos que o pós capitalismo é possível. Queremos fazê-lo muito mais intensamente. Veja como participar e apoiar