Contrapartidas

Outros Quinhentos e Editora 34 recomendam: Cinema e sexualidade nos anos 70

Livro de Paulo Mezenes, “À meia-luz”, tem dois exemplares em sorteio para quem financia Outras Palavras — e está com 40% de desconto no site da 34

Por Simone Paz e Editora 34 | Imagem do filme Blow-Up, de Michelangelo Antonioni

Ilustramos esta nota com mesma foto que vai na capa do livro “À meia-luz – Cinema e sexualidade nos anos 70”, e que corresponde ao filme Blow-up, de Michelangelo Antonioni. O longa Blow-up é inspirado no conto de Julio Cortázar, Las Babas del Diablo, que por sua vez foi inspirado por uma fotografia que o fotógrafo chileno Sergio Larraín tirou nos anos 60 em Paris:

Outra curiosidade, para nós latino-americanos, é o triângulo Larraín-Cortázar-Antonioni. Diz a lenda que foi Larrain quem contou a Julio Cortázar que, ao revelar uma foto tirada em um parque em Paris, viu na ampliação do laboratório aquilo que ele não enxergou a olho nu: um casal em meio aos arbustos fazendo sexo. O conto As babas do diabo (1959), em que esse fato é reproduzido, acabou servindo de base para o roteiro de Blow-up – Depois daquele beijo (1966), clássico do cinema dirigido por Michelangelo Antonioni. (Fonte: Revista Zum)

Mas, voltando ao livro, À meia luz foi escrito por Paulo Menezes e está com desconto de 40% no site da Editora 34, parceira de Outras Palavras. Já é uma coisa maravilhosa para os nossos leitores amantes do cinema… mas, além disso, estamos sorteando dois exemplares grátis.

Para concorrer é necessário ser colaborador de nosso financiamento coletivo Outros Quinhentos, e preencher este formulário até terça-feira 15/10.


Sobre o livro:

“De Blow-Up a Blade Runner – passando por Laranja Mecânica, Morte em Veneza, Último Tango em Paris e O Império dos Sentidos -, Paulo Menezes, professor de Sociologia da Universidade de São Paulo, traça uma linha de interpretação que procura desvendar, nas imagens de seis filmes instigantes, indícios das grandes questões que, na esteira de 1968, marcariam o debate público em todo o mundo: a revolução sexual, a revolução política, a alienação social, a irrupção da violência urbana e o sexo como experiência-limite do humano.

Com olhar extremamente atento, o autor sublinha ângulos, destaca silêncios e aponta os nexos entre o que se dá a ver e o que se oculta. O resultado é uma fina indagação sobre a natureza do sujeito e da história – e os lugares onde pulsa o desejo, na intersecção entre imagem e realidade.”

Graças à parceria entre Outras Palavras e Editora 34, presenteamos nossos colaboradores com obras excelentes, de uma das melhores editoras do Brasil.

Para mais informações ou para comprar com o descontão de 40%, acesse:
http://www.editora34.com.br/detalhe.asp?id=192&busca=

Você pode seguir a Editora 34 nas redes sociais e ficar sabendo de todos os lançamentos e outras novidades, no link: https://www.instagram.com/editora34/

Em breve, ofereceremos também livros relacionados ao urbanismo, à literatura, à psicologia, ao cinema… fiquem antenados!

Author


Avatar