31 de outubro vira Dia Nacional da Proclamação do Evangelho

diadoevangelho03

Lei foi sancionada por Dilma no dia 12 de janeiro e, salvo no circuito evangélico, passou despercebida; para Leandro Karnal, é hora de discutir limites do Estado laico

Por Alceu Luís Castilho (@alceucastilho)

O dia 31 de outubro – conhecido como Dia das Bruxas – será agora o Dia Nacional da Proclamação do Evangelho. Nesse dia “dar-se-á ampla divulgação à proclamação do Evangelho, sem qualquer discriminação de credo dentre igrejas cristãs”. A lei foi sancionada por Dilma Rousseff na terça-feira, 12 de janeiro de 2016 – o 128º da República.

Em 1890, observa o historiador Leandro Karnal, ficavam oficialmente separados Estado e Igreja Católica e instituía-se a liberdade de culto. Mas todas as Constituições posteriores à de 1891 foram colocadas sob a proteção de Deus. Crucifixos no Senado, na Câmara, no STF, mostram uma “separação imperfeita”, definiu hoje o professor da Unicamp, ao tratar do tema em sua página no Facebook. Continuar lendo