Contrapartidas, Cultura, Livros, Política

“Outros Quinhentos” oferece “Negri no Trópico”

Conferências e entrevistas de Toni Negri no Brasil, no final de 2016, viram livro que expõe pontos centrais de seus conceitos. Há cinco livros grátis — por sorteio — para quem colabora com Outros Quinhentos

Por André Takahashi

Ativista e filósofo político italiano, Toni Negri foi um dos criadores, nos anos 1960, do grupo Autonomia Operária. Condenado a trinta anos de prisão em seu país, na onda repressiva que se seguiu aos protestos iniciados em 1968, refugiou-se na França — onde trabalhou com Michel Foucault, Gilles Deleuze e Jacques Derrida. Ganhou notoriedade internacional nos primeiros anos do século XXI, após o lançamento do livro Império – que se tornou um manifesto do movimento por outra globalização – e de sua sequência, Multidão, ambos escritos em co-autoria com seu ex-aluno Michael Hardt. Entre os temas centrais da obra de Negri estão marxismo, globalização democrática, anti-capitalismo, pós-modernismo, neoliberalismo, democracia, o comum e a multidão.

Negri no Trópico 23º 26′ 14” 
é uma obra absolutamente multitudinária: uma animada multidão de editoras e autores reunidos para fazer jus, e celebrar, Toni Negri, o filósofo e militante revolucionário italiano que também assina artigos no livro.  

No livro, editado pela editora parceira Autonomia Literária, Negri expõe itens centrais de seu pensamento em entrevistas dadas a intelectuais, artistas e ativistas — os quais também assinam outros artigos sobre o legado autonomista no contexto de sua visita-evento ao Brasil nos fins de 2016.

Você pode concorrer a um dos 5 exemplares em sorteio, se você for um colaborador de Outros Quinhentos — nosso projeto de financiamento coletivo por um jornalismo independente, crítico e profundo. Se você ainda não colabora, veja como funciona, aqui.

Para concorrer, preencha o formulário abaixo até a sexta-feira 27/10 às 15h: