Contrapartidas, Livros, Política

Outros Quinhentos sorteia Dichavando o Poder, do Coletivo DAR

“Marcha da Maconha”, maior movimento pela legalização das drogas no país, completa dez anos sábado. Livro, organizado pelo coletivo Desentorpecendo a Razão, consolida suas principais reflexões. Contribuintes de Outras Palavras concorrem a três exemplares

Por André Takahashi

Na semana em que completa dez anos a Marcha da Maconha São Paulo se consolida como o maior espaço conquistado pelo movimento antiproibicionista. Uma vez por ano dezenas de milhares de pessoas se reúnem na Avenida Paulista manifestando, na prática, sua resistência à política repressiva do estado em relação à maconha e a criminalização da pobreza. 

A Marcha é uma construção autônoma que desde 2008 vem ocupando seu espaço na sociedade. Em 2011 houve a histórica repressão à Marcha na Avenida Paulista, que se desdobrou na Marcha da Liberdade. Em resposta, o STF reconheceu o direito de liberdade de expressão da Marcha da Maconha. Desde então o movimento cresce em todas as cidades do país.




De lá para cá o movimento acumulou força e conhecimento na luta antiproibicionista. Nesse sentido, trabalhando o registro histórico e teórico o coletivo Desentorpecendo a Razão, junto com a editora Autonomia Literária, editou o livro “Dichavando o Poder: Drogas e Autonomia”

Com foco na missão não só de criticar uma guerra inclemente, injusta e fratricida — que lota os presídios e criminaliza principalmente os jovens pobres, negros e periféricos –, os artigos reunidos também pensam nas alternativas concretas experimentadas mundo afora. Trazem relatos dos países que aboliram a “pedagogia do castigo” contra os usuários e críticas à estatização excessiva das soluções. Mirando a saúde, a liberdade e o bem-estar da sociedade, juízes, antropólogos, filósofos, sociólogos, historiadores e movimentos sociais problematizam a forma com a qual a sociedade lida com as drogas no Brasil e apontam possíveis saídas para o atual sistema penal, essa máquina seletiva de moer gente. 

 Você pode concorrer a um dos 3 exemplares em sorteio preenchendo o formulário abaixo até às 15h de quarta-feira, 30/05. Mas lembre-se: só se for um colaborador de Outros Quinhentos — nosso projeto de financiamento coletivo por um jornalismo independente, crítico e profundo. Se você ainda não colabora, veja como funciona, aqui

Author


Avatar