Sobre o silêncio

mari_silencio_07

Este é um convite ao silêncio. Necessário. Para se atravessar os labirintos. E entender as necessidades da alma

Por Mariana Caldas, na coluna Outro Lugar

A viagem não começa quando se percorrem distâncias,
mas quando as atravessam
as nossas próprias fronteiras interiores”
Mia Couto

Outro Lugar” é uma viagem que começa. Sem se importar onde vai chegar. Preocupada mais em viver o que vier pela estrada, no devagar depressa dos tempos, dos caminhos, dos encontros. Se embrenhando pelo labirinto místico da alma e dos mundos que se misturam, dentro e fora. Na busca pelo sentido, através de imagens que involuntariamente saem do coração.

É também um manifesto pela pausa. Para ver, rever, sentir, viver. Pela presença da alma, no agora, esse lugar, o melhor do mundo. Pelo sossego da paisagem, que faz nenhuma coisa pedir urgência. Por mais tempos de respiro nessa vida que passa e não dá nem tempo de viver.

Este é um convite ao silêncio. Necessário. Para se atravessar os labirintos. E entender as necessidades da alma.

TEXTO-MEIO

mari_silencio_02

mari_silencio_03

mari_silencio_04

mari_silencio_05

mari_silencio_06

mari_silencio_07

mari_silencio_08

TEXTO-FIM
The following two tabs change content below.
Mariana Caldas é jornalista, fotógrafa e autora do projeto poeme-se (http://poeme-se.tumblr.com/). A estrada, o amor, os encontros e a floresta são suas maiores inspirações. Ela tem 24 anos e muito amor no coração.

Latest posts by Mariana Caldas (see all)