O Nescau achocolatado tem uma versão light, pero no mucho. Apesar da promessa de redução de 30% nas calorias, a lata ainda tem 6,3 gramas de açúcar para 9,5 gramas. Não precisa fazer contas: dá 66%. Um pouco menos que a versão normal, que tem 75%, mas ainda bastante.

Segundo o perfil de nutrientes da Organização Panamericana de Saúde (Opas), além do excesso de açúcar, esse produto ainda merece um alerta sobre a presença de adoçantes, substâncias cada vez mais sob desconfiança da comunidade científica.

O limite diário de consumo de açúcar recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é de 50 gramas por dia para adultos. Pesquisadores independentes sugerem a metade disso como limite seguro, e menos ainda no caso de crianças.

No aplicativo Desrotulando, o Nescau Light marca 34 pontos, num total possível de 100, sendo classificado como “Ruim”.

Ingredientes, do mais ao menos usado: açúcar, cacau em pó, soro de leite, polidextrose, minerais, vitaminas, aromatizantes, emulsificante lecitina de soja, edulcorantes ciclamato de sódio e acessulfame de potássio e antioxidante ácido ascórbico.