Saia do sofá, mas não largue o refri, diz a indústria

Coca-Cola financia pesquisadores para convencer de que a culpa pela obesidade é do “sedentário” e não da alimentação ruim; América Latina é alvo preferencial