Contrapartidas

Para que Outros Quinhentos sejam Mil

 
 
Em tempos muito duros para o Brasil e as mídias alternativas, é ótimo trazer, também, outras notícias. Criado há quatro anos, Outros Quinhentos, o programa de sustentação autônoma de Outras Palavras está prestes a reunir mil participantes. Nossos apelos estão surtindo efeito. Agora, 947 leitores contribuem mensalmente para nosso projeto editorial. Agora, lançamos um apelo: seja parte do esforço para chegarmos, até a virada do ano, ao milésimo contribuinte.

Mesmo em meio à crise, Outras Palavras está prestes a lançar dois novos projetos. Em alguns dias, estará pronta a primeira versão do site Referendos Revogatórios. Ele permitirá reunir os interessados em participar de um movimento que julgamos central, em 2018. Para superar o golpe de Estado de 2016, será preciso anular suas medidas. O Congresso Nacional, cúmplice do golpe, não está disposto a fazê-lo. Mas a luta social e a democracia direta podem virar o jogo. Junto com movimentos e organizações da sociedade civil, queremos exigir consultas populares sobre o que chamamos de “leis malditas” aprovadas após o golpe. Participar do esforço abrirá espaço para um ano eleitoral diferente. Não queremos apenas votar. Lutamos por um sistema político que vá além da representação — no qual a sociedade possa, em muitas ocasiões, decidir sem intermediários que futuro deseja construir.

Também estamos construindo Outra Saúde – um site em defesa do SUS e de novas políticas para atendimento sanitário à população. A partir de fevereiro, este site trará análises não convencionais sobre o sistema de Saúde brasileira, e informações que a velha mídia costuma omitir. A iniciativa tem a ver com outra convicção crucial para nós: é hora de um novo projeto de país; em seu centro, estarão serviços públicos excelentes e desmercantilizados, e a Reforma Tributária necessária para assegurá-los.

Uma das receitas de Outras Palavras para manter-se vivo e crescer é a frugalidade. Em tempos ásperos, restimos com pouco. Nosso orçamento mensal – salários, tributos, aluguel, espaço e fluxo de internet, transporte, material de consumo – está, em 2018, em torno de R$ 25 mil/mês. Não recebemos publicidade do governo federal ou de empresas privadas. Dependemos de atitudes conscientes.

O ano se esvai. Entraremos em recesso no sábado, 23/12. Voltaremos, com gás, em 8/1. Nos últimos dias do ano, propomos que você considere a hipótese de tornar-se um participante de Outros Quinhentos. Vêm as festas. Para alguns, só um frenesi de consumo. Para muitos outros, pode ser o motivo de uma decisão que transforma. Se sua opção for esta, vale clicar aqui.


 
 
Forte abraço,
 
 

 
 
Antonio Martins, editor
pela redação de Outras Palavras