Contrapartidas, Cultura, Livros, Política

Outros Quinhentos oferece “O Perecível e o Imperecível”, de Daniel Pierri

Livro analisa aspectos da cosmologia guarani-mbya focada nas relações de alteridade, as divindades e espíritos, os animais e os brancos. Contribuintes de Outros Outras Palavras concorrem a dois exemplares

Por André Takahashi

Outros Quinhentos sorteia o livro “O Perecível e o Imperecível”, de Daniel Pierri, Mestre em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (USP). Atua como indigenista desde 2005 junto aos Guarani Mbya e é associado ao Centro de Trabalho Indigenista (CTI).

Editado e distribuído pela Editora Elefante o livro é sua dissertação de mestrado defendida em 2013, que contou na banca examinadora com Eduardo Viveiros de Castro, Beatriz Perrone e foi orientado por Dominique Tilken Gallois. A obra é referência nos estudos dos Guarani Mbya e consta como bibliografia em diversos cursos de antropologia. 

Segundo sua orientadora no texto de orelha do livro:

“Este livro é um refinado estudo da cosmologia guarani, produto de uma longa e densa colaboração entre o autor e os Guarani Mbya, em aldeias próximas e distantes da metrópole de São Paulo e de outras áreas do Sul e Sudeste do Brasil. Sua contribuição está na escuta atenta das reflexões e debates de jovens e velhos, em torno das maneiras de como foi e de como ainda é possível conviver com os estragos causados pelos modos de vida dos não índios. Particularmente interessantes são os ensinamentos sobre as cidades, seus objetos e tecnologias, pois, para os Guarani, os deuses moram em cidades. Nas plataformas celestes, as moradas das divindades são cidades, onde tudo é belo e reluzente, ou seja, onde tudo é imperecível: a energia elétrica não apaga, os carros e as motos não quebram, as coisas não se transformam em lixo. Nesta terra, os Guarani raramente têm acesso a essas mercadorias, que foram feitas para os brancos, “para enganá-los”, como nos
explicam os interlocutores de Daniel Calazans Pierri. Aqui, tudo estraga: as coisas são apenas imagens perecíveis dos modelos originários controlados pelas divindades. Os depoimentos dos Guarani fartamente apresentados no livro, e traduzidos com esmero, revelam uma poderosa crítica ao fetichismo das mercadorias.”

Você pode concorrer a um dos 2 exemplares em sorteio preenchendo este formulário abaixo até às 15h de terça-feira, 24/04. Mas lembre-se, só se for um colaborador de Outros Quinhentos — nosso projeto de financiamento coletivo por um jornalismo independente, crítico e profundo. Se você ainda não colabora, veja como funciona, aqui

Author


Avatar