Contrapartidas, Cultura, Teatro

Outros Quinhentos convida para a Macumba Antropófaga do Teat(r)o Oficina (SP)

Com espetáculo musical, Zé Celso evoca a antropofagia e o Manifesto Oswaldiano, para adorar a diversidade. Quem sustenta Outras Palavras paga menos que meia entrada Por Simone Paz Hernández | Foto: Claire Jean Na noite mais longa do ano, a noite de São João, nasceu a mais nova peça do Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona, companhia emblemática e revolucionária, reconhecida pelo seu trabalho de representação e pesquisa desde os anos 60, na linha da antropofagia, do tropicalismo e de referências que vão de Artaud a Eurípides. A rua Lina Bo Bardi atravessa o teatro projetado por ela, arquiteta de obras como o Sesc Pompeia e o MASP. E o teatro leva o mesmo nome da companhia, pois o corpo teatral e o espaço físico passam a ser uma alma só. Com a intenção de quebrar tabus, a antropofagia é utilizada na peça como ferramenta de adoração da diversidade, como forma de unir os seres humanos, criando um corpo de atuação que dialoga com os rituais dos indígenas e sua magia, mas também numa forma de des-cobrir o corpo, de enxergar o antagonista com olhos livres, para superar as crises e enfrentar os fascismos de direita e de esquerda. Assim, a Macumba Antropófaga é um teatro de revista, composto por coros libertadores e cheio de referências como Oswald de Andrade, Pagu, Tarsila do Amaral e outros gigantes da arte e da música. Colaboradores de Outras Palavras, por meio do esforço de financiamento coletivo Outros Quinhentos, pagam apenas R$25 reais no ingresso, e podem levar mais [email protected] acompanhante com esse precinho camarada. Basta se inscrever no formulário abaixo até as 18h de cada sexta-feira. Serviço Macumba Antropófaga Sábados e domingos, às 16h | duração de 5 horas | de 24/06 a 24/09 Ingressos: R$60 inteira; R$30 meia; R$25 colaboradores de Outros Quinhentos Endereço: Rua Jaceguay, 520 – Bixiga – São Paulo, SP *A peça possui audiodescrição para cegos Seja um co-produtor do Teat(r)o Oficina e ajude a manter os trabalhos da companhia: teatroficina.org Informações do evento no Facebook, aqui