Contrapartidas, Cultura, Música

Outros Quinhentos propõe Tássia Reis + Baco Exu do Blues

Dois shows na mesma noite, com o mesmo ingresso, para assistir a um encontro memorável em SP. Contribuintes de Outras Palavras concorrem a dois pares de ingressos

Por Casa Natura Musical

No sábado, 18 de agosto, às 22h, a Casa Natura Musical celebra mais uma edição do projeto Frequências, com dois shows diferentes na mesma noite e apenas um ingresso: Tássia Reis e Baco Exu do Blues. O projeto Frequências promove o encontro de artistas que admiram o trabalho um do outro, mas transitam em outras searas musicais, muitos deles jovens artistas que tenham algum tipo de interlocução entre si, mesmo atuando em cenas diferentes. As primeiras edições do projeto reuniram o vocalista da banda BaianaSystem Russo Passapusso e o rapper paulista Rico Dalasam e o cantor paraense Jaloo e a banda Aeromoças e Tenistas Russas.

Tássia Reis

Nascida em Jacareí, interior de São Paulo, Tássia Reis iniciou sua vida artística, ainda adolescente, apresentando-se em um grupo de danças urbanas. Em 2009, compreendendo que o seu caminho estava diretamente ligado à música, começou a compor e, três anos depois, subir aos palcos. Nessa época, realizou parcerias com Rashid, AXL, Mental Abstrato e Marcelo D2. Aos 20 anos, mudou-se para a capital e colocou em estúdio a canção Meu Rapjazz. Lançada na internet, com aceitação imediata, a música ganhou um videoclipe próprio, concentrando um alto número de visualizações. Este show na Casa Natura Musical será em celebração ao aniversário de cinco anos deste seu primeiro grande sucesso.

Tássia apresenta o show Outra Esfera, nome do seu segundo e mais recente disco, que marcou presença nas listas de Melhores de 2016, em veículos como Rolling Stone, Billboard, UOL e portal RedBull. Com letras fortes e beats pesados, Tássia dá voz a questões, constantemente, silenciadas. Isso fica evidente em músicas como Ouça-Me, Afrontamento e Da Lama. Também há espaço para assuntos do coração, dentro da narrativa poética, com a sensual Perigo, a tranquilizadora e aconchegante Se Avexe Não e a libertária

Baco Exu do Blues

Acompanhado pelo DJ Bebezão e pela segunda voz de Shan Luango, Baco apresenta na Casa Natura Musical o show do álbum Esú, considerado um dos melhores discos de 2017. O repertório, praticamente todo de sua autoria, inclui pérolas como Tropicália, O Culto, A Pele que Habito, Te Amo Disgraça e Facção Carinhosa.

Salvador, a Acrópole negra, onde o karma de todos os Santos se encontram, o profano e o sagrado se confundem e o amor e a desgraça tem um caso. Nesse cenário entre o Olimpo e os terreiros, ‘Diogo Moncorvo’ renasce em Baco Exu do Blues, carregando consigo uma escrita pesada e polêmica, mas baseada em suas verdades. Utiliza de absurdos e ironias para expressar dilemas pessoais entre questões sociais, fazendo de sua música um manifesto em prol de minorias.

Em 2016, Sulicídio representou para a cena do hip-hop brasileiro a quebra de um padrão arraigado, despontando novas perspectivas para o rap nacional. Com uma poesia que não se enquadra nos moldes convencionais, Baco lançou 999 e Tropicália, abrindo caminho para participações em projetos como Expurgo e Poetas no Topo 2. Um ano após surgir no cenário nacional, surpreendeu a todos com o lançamento do interlúdio En Tu Mira, faixa integrante do seu álbum Esú, onde aborda a doença do século em sua forma mais pura e sincera.

Esú traz a história de um personagem em transição, que passa por diversas provações, da depressão ao gozo. Autoestima, individualidade, onipotência, luxúria, sincretismo e empoderamento negro são temas recorrentes no álbum. “Metade homem, metade Deus e os dois sentem medo de mim”, cita Baco na faixa que leva o título da obra, mostrando o encontro da fragilidade divina e a força humana. Uma viagem sinestésica, passando pelas ladeiras de Olinda, com o batuque do Maracatu, pelo carnaval de rua com o choro da guitarra baiana, até as nossas matrizes africanas, com cânticos em Iorubá e batuques dos atabaques do candomblé.

Tássia Reis e Baco Exu do Blues

Projeto Frequências: dois shows na mesma noite

Quando: sábado, 18 de agosto, às 22h30

Abertura da Casa: 20h

Ingressos:

Meia-entrada para todos os setores

Pista: R$ 60 (lote 1) e R$ 80 (lote 2)

Bistrô superior: R$ 120

Camarote: R$ 120

Lotação para este show: 710 lugares

Classificação etária: 12 anos (menor de 12 acompanhado pelos pais ou responsáveis)

Casa Natura Musical

Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo

Ingressos sem taxa de conveniência na bilheteria da Casa

Ingressos podem ser pagos com dinheiro, cartões de crédito e débito

Horário da bilheteria: de terça a sábado, das 12h às 20h. Segundas e domingos, quando houver show. Em dias de espetáculo, a bilheteria fecha mais tarde, até uma hora após o início da apresentação.

Outros Quinhentos e Casa Natura Musical sorteiam dois pares de ingressos os show de Tássia Reis e Baco Exu do Blues sábado, dia 18 de agosto. Para participar precisa ser contribuinte de Outros Quinhentos e se cadastrar no formulário abaixo até as 23h de 16/08, quinta-feira.

Author


Avatar