Jesus e o “Dia dos Pais”

img_1678Os cristãos celebram hoje (14 de agosto) o 20º Domingo do Tempo Comum. Rezam, nos domingos deste ano, o Evangelho de Lucas. O texto lucano é conhecido como “o evangelho dos pobres”. Também é conhecido como “o evangelho da subida”, pois o  centro dele trata da caminhada de Jesus da periferia (a Galileia) até o centro (Jerusalém), onde o aguardava a entrega total a seu projeto de uma humanidade restaurada. Nessa subida até o monte onde está a Cidade Santa, conspurcada e estuprada pelo sistema, Jesus vai ensinando seus amigos e o povo, demolindo pedra por pedra o edifício do estabelecido, da riqueza, da dominação; para se tornar a “pedra angular” (na expressão dos evangelhos) de um novo tempo, de paz, partilha, amizade.

O trecho tomado de Lucas para hoje é um dos mais agressivos e, neste ano, refletimos sobre ele exatamente no “Dia dos Pais”. Diz Jesus, a partir do versículo 51 e até o 53 do capítulo 12:

“Vós pensais que eu vim trazer a paz sobre a terra? Pelo contrário, eu vos digo, vim trazer divisão. Pois, daqui em diante, numa família de cinco pessoas, três ficarão divididas contra duas e duas contra três; ficarão divididos: o pai contra o filho e o filho contra o pai; a mãe contra a filha e a filha contra a mãe; a sogra contra a nora e a nora contra a sogra.”

 

Continue lendo “Jesus e o “Dia dos Pais””