“Carne Fraca”: substância usada para “maquiar” apodrecimento pode provocar câncer

In De Olho na Comida, Em destaque, Principal, Últimas

Se consumido a longo prazo, ácido ascórbico pode provocar sobrecarga renal e, depois, câncer, informam pesquisadores ao portal R7

O consumo de carne vencida pode provocar câncer? O portal R7 entrevistou a professora de nutrição da Escola Paulista de Medicina da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) Anita Sachs, e Irene de Lourdes Noronha, chefe de equipe de Nefrologia e Transplantes da Beneficência Portuguesa de São Paulo, para confirmar os efeitos colaterais causado pelo uso excessivo de ácido ascórbico. O produto químico é utilizado em frigoríficos para disfarçar o sabor das carnes vencidas.

A informação sobre esse uso indevido consta na decisão da Justiça Federal do Paraná para deflagrar a Operação Carne Fraca, que constatou a presença do produto, conhecido como vitamina C, nos frigoríficos inspecionados.

Carne de cabeça de porco seria usada para fabricar linguiça, o que é proibido. Frigorífico também usava carne estragada na produção Wilton Junior/Estadão Conteúdo
Carne de cabeça de porco seria usada para fabricar linguiça, o que é proibido. (Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo)

De acordo com a pesquisadora, o ácido ascórbico consumido em excesso pode, a longo prazo, provocar sobrecarga renal e, consequentemente, câncer. “A quantidade máxima recomendada por dia é entre 45 e 50 mg. Isso é o que está presente em uma laranja, uma mexerica, uma fatia de mamão ou uma de manga, por exemplo”, diz Anita. Lourdes Noronha completa: “Como a calculose renal tem grande prevalência na população, o impacto do alto consumo de carnes com ácido ascórbico seria, sim, negativo”.

Além do uso de ácido ascórbico, os frigoríficos flagrados pela Polícia Federal utilizavam papelão no frango, cabeça de porco para fabricar salsichas e reembalavam produtos vencidos. Todas práticas proibidas.

Leia aqui a reportagem do R7: “Excesso de ácido ascórbico utilizado em carne podre favorece formação de pedras nos rins e, possivelmente, câncer“.

LEIA MAIS:
“Carne Fraca”: maior operação da história da PF mira empresários do agronegócio
“Carne Fraca”: JBS foi maior doadora de campanha de Osmar Serraglio

You may also read!

Impunidade e denúncia na ONU: um ano do massacre contra Guarani Kaiowá em Caarapó, no MS

Justiça tenta anular demarcação usando tese controversa; Estado tem 92% de suas terras na mão do setor privado; elas

Read More...

Governo Temer ameaça direito à alimentação, diz relatório

Fian Brasil aponta fortalecimento do agronegócio e enfraquecimento das políticas públicas; em 11 anos, ministério não terá verbas para

Read More...

“Há risco de novas tragédias”, diz MPF sobre projeto para licenciamento ambiental

Ministério Público Federal diz que PL em tramitação na Câmara desvirtua o conceito de licenciamento e pode repetir episódios

Read More...

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Mobile Sliding Menu