Os Guarani ocupam a Presidência — e pedem apoio

170830-Guaranis

Sairemos da sua casa quando vocês sairem da nossa”, afirmam indígenas no escritório presidencial na Avenida Paulista, em São Paulo. Eles convidam para ato público esta tarde

Por Inês Castilho
__
Ato público em defesa da Terra Indígena Jaraguá
Quarta-feira, 30 de agosto, 17 horas
Vão Livre do Masp, Avenida Paulista, São Paulo
__

Seguimos fortes com a nossa reza! Queremos garantido o direito a nossas terras!!”

Com essas palavras, cantos, danças e rezas, o Povo Guarani ocupou hoje o escritório da presidência da República na Avenida Paulista, em São Paulo. Em Brasília, um grupo de indígenas acampou diante do ministério da Justiça, entoando seus cânticos tradicionais, com as mesmas exigências.

Fizemos isso porque dia 21 o governo Temer invadiu a nossa casa, a Terra Indígena Jaraguá, anulando nossa demarcação”, afirmam em vídeo que convoca as pessoas a comparecer no Ato Público marcado para esta tarde, às 17 horas, no Masp.

170830_ocupação guarani_Brasilia

Em Brasília, acampamento diante do Ministério da Justiça

O Ato exige a revogação da Portaria 683 do ministério da Justiça, publicada segunda-feira, 21/08, e a continuidade do processo de demarcação da Terra Indígena Jaraguá. A Portaria 683 anula medida judicial de 2015 – a Portaria Declaratória 581, do governo Dilma – que reconhece 532 hectares na região noroeste de São Paulo como área de ocupação tradicional Guarani da Terra Indígena Jaraguá.

Essa decisão serve apenas para agradar o governo Alckmin que quer vender nossas terras e privatizar o parque do Jaraguá, que nós sempre protegemos”, afirmam.

São mais de 700 indígenas, a maioria crianças, vivendo em cinco aldeias na Terra Indígena Jaraguá. A Portaria 683 coloca na rua 600 guaranis.

Para onde Temer acha que nós vamos? O governo quer nos matar?”

O Povo Guarani exige também a revogação do parecer 001/2017 da AGU, com o qual “Temer quer cancelar as demarcações de todos os parentes em todo Brasil, para dar nossas terras para os ruralistas”.

Fora Temer da nossa casa! Sairemos da sua casa quando vocẽs sairem da nossa”, afirmam, convocando todos ao ato O Jaraguá é Guarani! hoje às 17h no Vão do Masp.

 

TEXTO-FIM