42 ideias sobre “Contato

  1. Uma pequena observação: Por gentileza, o dia mundial sem carro é dia 22 ou 23 de setembro? a chamada para a materia” mobilidade urbana” indica 23/09 como dia mundial sem carro e o texto indica dia 22/09.
    Obrigado
    Fabio

  2. Gostaria que o link abaixo chegasse a Glenn Greenwald.

    http://www.blogdogomes.com.br/artigos/pensamento-pos-colonialista-uma-forma-humanista-de-pensar-a-realidade/

    Glenn, quando for possível, gostaríamos de escutá-lo sobre o ensaio “pensamento pós-colonialista, postado em nosso blog. Nos enviei um cometário.
    Registramos que você está prestando inestimável serviço à humanidade. Somos seus fãs. Parabéns.l

    • Caro Marcelo, mensalmente creio que o Pagseguro só disponibilize pagamento via cartão. Creio que por boleto, o contribuinte só pode fazer um pagamento. Que tal fazer o pagamento uma vez, equivalente a assinatura mensal? A promoção na livraria terá durabilidade o ano todo.

      Atenciosamente

  3. Bom dia,

    Conheci o blog de vocês hoje (10/01/14) gostei muito, estou adorando as publicações, estão de parabéns. Informo que sou desenvolvedor web e gostaria de ajudar o blog(caso necessitem), sem fins lucrativos, estou a disposição.

    Lucas Inverso.

    • Boa tarde Lucas,

      Prazer em conhece-lo. Seus serviços seriam muito bem vindo. Onde você se encontra? Toparia um cafezinho ou uma cerveja aqui na redação? Estamos em São Paulo na Augusta.

      Atenciosamente.

  4. A publicação “Junho e depois: como a PM reprimiu e provocou” (de 05/05/14) está com um link quebrado no seguinte trecho: “(…) Artigo19 lançou o site “Protestos no Brasil 2013”, uma versão (…)”. O link não encaminha ao site referido.

  5. Olá.
    Gostaria de saber se o cd com “material valioso” que foi utilizado no curso sobre a presença indígena em SP, pode ser adquirido por pessoas, que como eu, não puderam participar do curso. Se sim, como proceder?
    Agradeço desde já a atenção.
    Vilma

  6. Quanto à matéria do link http://www.ipiranga895.outraspalavras.net/, os textos não estão carregando, e ao clicar na imagem “as pessoas”, ao invés do texto, aparece o seguinte: text0 do cara***. Tenho muito interesse em ler e conhecer mais sobre a ocupação do edifício e saber sobre o processo de desocupação, se for um problema de minha conexão, espero vê-la em outro momento, att.

  7. Sou leitor de outras palavras e gostaria de contribuir realizando traduções do italiano para o português (caso necessitem), sem fins lucrativos.

    Abraço,
    Geison

  8. Estão esquecendo a participação do Grupo Ling no planejamento do 15/3.
    Os Ling são bilionários sino-brasileiros e donos do Grupo Evora. Enriqueceram no Brasil após fugir da China comunista.

    O fundador do Movimento Brasil Livre participou de treinamento de lideranças nos EUA financiado pelos Ling. Também participou do treinamento o deputado estadual Marcel van Hatten – um dos maiores defensores do impeachment no RGS.

    Atualmente coordenador nacional do EPL (Geanluca Lorezon) e o conselheiro e designer do grupo (Felipe França) estão no mesmo curso. O último é um dos administradores da página Movimento Brasil Livre.

    Conseguem ver como tudo se conecta?

  9. Boa tarde!
    Por favor, gostaria de utilizar a ilustração feita pela Juliana Russo disponível no http://outraspalavras.net/blog/2012/08/24/em-busca-de-solucoes-que-produzam-cidades-para-pessoas/#more-4001. Como devo proceder para ter autorização? Sou pesquisadora do Observatório das Metrópoles de Maringá – UEM e a imagem será utilizada para ilustrar eventualmente nossos canais na web e a produção de panfleto de curso sobre o Direito à Cidade. Aguardo o retorno, obrigado!

  10. Olá queridis, tudo certo?
    Estou formulando um site e gostaria de saber a respeito do feed do blog de vocês que está apresentando um erro. Assim, ficaria grato em saber se é um pequeno problema mesmo ou se vocês não estão trabalhando o blog com a possibilidade de repercussão RSS. Muito agradecido mesmo, toda a paz para vocês!! ^^

  11. Olá,

    pesquisadores do Núcleo de Estudos e Pesquisas de Política Internacional, Estudos Internacionais e Políticas Comparadas (NESPI-USP) estão lançando livro em formato eletrônico sobre o desenvolvimento recente da América Latina. Mais informações em http://www.saraiva.com.br/desenvolvimento-na-america-latina-8382042.html
    Gostaria de saber se vocês podem anunciar o livro a partir de um trecho relevante ou similar.
    Obrigado!

  12. Olá, boa tarde!
    Por favor, podem indicar de quem é a autoria do belo texto “Guimarães Rosa especula sobre o ato de celebrar”, publicado em 29.06.2015, no Espaço da Oca em Outras palavras? Já contatei a Oca e me redirecionaram a vocês.

    Grata
    Miriam

  13. “Olá, eu sou o Wanderson, sou membro da comissão organizadora da SEMANA DO LINUX, um seminário online e gratuito sobre linux e tecnologias livres. Salientamos ainda que serão mais de 30 palestras com conteúdo dinâmico e interessante da tecnologia, pedimos que compartilhem a noticia com seus leitores e desde já agradecemos.
    O endereço para inscrição é http://semanadolinux.com.br

  14. Prezados companheiros,
    Tentei encaminhar comentário acerca da matéria publicada sobre o câncer (NK) mas não consegui transmiti-lo. Nela, consta o óleo de canola como um produto inibidor dessa patologia. No entanto, já li matérias contrárias a esse óleo.
    Agradeço a atenção,
    Claudio Ribeiro – C. Abreu, RJ.

  15. Olá! Sugeri hoje a diversos blogs a deflagração de uma campanha de boicoite às empresas e produtos anunciados na rede globo no intuito de refuzir a sua fonte de recursos. Essa tática é muito utilizada no combate ao crime organizado… O que vocês acham da idéia?

  16. Caros Companheiros

    Sugiro que incluam nas formas de compartilhamento o BLOGGER pois o meu blog é do blogspot e assim como vários. Facilitaria o compartilhamento.

    Obrigado

    Érton.

  17. Caros senhores do blog “outraspalavras”.Sou anistiado político, historiador e tenho uma “Exposição LIBERDADE SEMPRE”(vide in Youtube). Ela é Exposição multimídia sobre a Ditadura Civil-Militar em seus 21 anos e sobre sua ação em quase todos os aspectos possíveis da vida nacional : “Saúde”, “Educação”, “Economia”,”Cultura”,” Publicações Ideológicas” , “De mão em mão na Oposição-jornais nanicos e clandestinos”, “Movimentos Estudantis”,”Igreja reage”, “Greves de 68”, “Greves do ABC”, “Esquerda reage”, “Guerrilha rural”,”Tortura”, ” Exilio “, “Operação Condor”,”Diretas-Já” ,”Derrota das Diretas-Já”,” Tancredo x Maluf / Indiretas-Já “. Vou apresentar , gratuitamente(como sempre) no “CÉU das Artes”, na Praça 1º de Maio,da Cidade de Osasco,nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2016, com Palestras, e pediria a este meio informativo divulgar o fato, e se possível,ajudar para a possibilidade de outras apresentações ,que estou sempre disponível em Escolas de 1º e 2º grau, Universidades, Sindicatos, ONGs, etc.Sempre gratuito e sem fazer apologia de nenhum partido ou ideologia,me apegando á fatos comprovados e publicados pela grande imprensa. Estou disponível , para qualquer perguntas que me queiram fazer sobre a Exposição e Palestra,coisa que faço desde 2013.

  18. Texto escrito por: Alyne Bautista,
    Especialista em Ordenação Territorial e Meio Ambiente. Especialista em Direito Tributário. Contabilista. Auditora Fiscal. Holista. Filha do já falecido Bautista Vidal, escritor e criador do pró-alcool, três vezes secretário de Tecnologia Industrial do Brasil. Ganhador de comendas máxima de mérito em todo o mundo por relevantes serviços prestados à humanidade.

    “Então vamos raciocinar:

    1- A República está cheia de Ratos.

    2- O PT foi o primeiro partido a fortalecer as investigações de corruptos
    (no período de FHC a PF só fez 47 investigações, neste período do PT foram mais de 3.000).

    4- Moro e Janot têm feito um trabalho investigativo junto com a CIA (EUA).

    5- As ações de Moro e Janot são manifestamente discriminatórias porque dão preferência e tratam diferente quando são membros do PT ou agentes que atuam na proteção e desenvolvimento nacionais (como o responsável pelo desenvolvimento do submarino nuclear que está preso sem provas. Moro quebrou empresas nacionais com multas 30 vezes maior que a propina paga para ganhar concorrência com empresas multinacionais, dinheiro de americanos).

    6- Moro e Janot apesar de terem acesso às gravações da CIA e saberem da idoneidade de Dilma não barraram o Impeachment ao contrário contribuíram.

    7-A mídia pertencente aos empresários e políticos claramente querem o afastamento de Dilma e a Destruição do PT. Temem a volta de Lula.

    8- Os EUA, os empresários corruptores, os políticos corruptos querem o afastamento de Dilma.

    9- o Judiciário é a forma e o meio de atuação desses empresários e de seus agentes atuarem livremente no país: o STF está junto no pacote segundo Jucá (sempre foi óbvio, são engavetadores e arquivadores quando se trata dessa Máfia contra o Brasil). Todos os políticos e funcionários públicos corruptíveis “facilitam” a destruição do país.

    10- As empresas usam a corrupção para ter todo tipo de benefício como diminuição de fiscalizações e alterações de leis para as beneficiar.

    11- As leis são aprovadas a toque de caixa nos Judiciários pelo Brasil afora.

    12- O desenvolvimento da ciência, tecnologia, cultura, formação ética e cidadania não é desejado pelas empresas. Muito menos que se discuta política. Tem que permanecer o curral eleitoral. Gente livre não fica em curral.

    13- Um Estado forte, com pessoas preparadas não é desejado pelas empresas.

    14- A pílula do câncer e sua cura não é desejado pelas empresas. Bem como uma população saudável que não enriqueça as indústrias farmacêuticas.

    15- Um país com princípios fortes. Uma gente com ética, honesta e nacionalista não é desejado pelas empresas.

    16- As empresas visam o lucro e estão substituindo mão de obra humana por tecnologia.

    17- As empresas grandes absorvem as menores.

    18- Para as empresas interessa a mão de obra escrava.

    19- Tudo que interessa para as empresas é o máximo lucro.

    20- O Estado atrapalha porque impõe fiscalizações e regras: trabalhistas, impostos e proteção ambiental.

    21- Os donos de faculdades, planos de saúde, latifundiários, donos de clínicas, hospitais, laboratórios, estão no poder.

    21- Cada um deles tem seus veículos de comunicação e seus representantes no governo.

    22- Funcionários públicos, trabalhadores celetistas, trabalhadores da terra e pequenos empresários não têm vez com essa gente no poder.

    23- O meio ambiente não tem vez com essa gente no poder.

    24- A saúde não tem vez com essa gente no poder.

    25- A educação não tem vez com essa gente no poder.

    26- A violência não vai diminuir com essa gente no poder.

    27- A verdade não tem vez com essa gente no poder.

    28- Nenhum presidente honesto pode governar com essa gente no poder.

    29- Eles não precisa nem querem uma população com 204 milhões de habitantes. Trabalharam para a morte, para o aumento de doenças (dá mais lucro), para o aumento da violência (promove mais mortes).

    30- O valor de perdas monetárias com valores que vão para os bolsos dos corruptos é sete vezes menor que o dinheiro sonegado em impostos por empresas.

    31- O valor monetário perdido pelo país com a falta de desenvolvimento causado por essas pessoas no poder é incalculável, só com a privatização da Vale do Rio Doce perdemos trilhões de dólares, capacidade estratégica de proteger e desenvolver o país para não falar da perda incalculável com a destruição do meio ambiente.

    Faltam recursos para o pagamento dos funcionários públicos em razão dessa estrutura de poder.

    O Judiciário está negociando com o Legislativo. Eles recebem acima do teto constitucional com auxílios imorais.
    O Judiciário é usado e corrompido. Corrupção não é só dinheiro na meia. É privilégio fora da Constituição.

    Mas aí é mais grave, é uma corrupção institucional em troca da manutenção de salários…

    É uma vergonha.

    https://drive.google.com/file/d/0B_CA9P0smwofY2FvWHhRM2Q1ZU9RRk9maXVTdU1UOHNDR2pR/view?usp=drivesdk

  19. Companheiros do Brasil,
    Estou a fazer uma pesquisa sobre as origens do movimento operário e socialista em Portugal, e apreciaria do vosso apoio para o seguinte: Na obra de João Medina, “As Conferências do Casino e o Socialismo em Portugal”, é feita uma referência a “A. Machado da Rosa” sobre um trabalho de análise que fez à publicação de César Nogueira “Notas para a História do Socialista em Portugal”. Eu gostaria de obter esse trabalho de Machado Rosa. Onde poderei encontrar essa peça?.
    Ficarei muito grato. Saudações. JN

  20. Pessoal, adorei a materia sobre o festival de cinema indigena, mas como mulher estou incomodada que a foto de capa que se reproduz é a da mulher com seus seios expostos. A foto é bonita e sexy, mas me enoja um pouco ser esta a mais reproduzida. Não tem tanta ligação com a materia, e parece uma venda ma matwria pelo corpo da mulher. Sugiro trocar. Grata

  21. Um certo sapo barbudo

    Prof. Dr. Eduardo Tollendal (UFU)

    Quando Lula foi eleito, Brizola fez um comentário infernal:
    _ A classe dominante vai ter que engolir o sapo barbudo!
    Brizola queria enfatizar o desgosto da classe dominante, que tinha ódio de Lula, o metalúrgico; mas que teria de suportá-lo, porque o país estava em franco processo de redemocratização e não havia clima para o costumeiro golpe.
    Lula foi eleito, tomou posse e governou – contra todas as prerrogativas que a classe dominante julga exclusividade sua, expressas na forma de uma anedota que os parvos replicam: “Não será candidato, não ganhará, não tomará posse, não governará.”
    Mas o comentário de Brizola falhou. Hoje, passado um bom tempo, vemos que a classe dominante jamais engoliu o sapo barbudo; ao contrário, o sapo é que foi engolido pela classe dominante. O aparecimento deste agente da ação é fundamental para definir a voz passiva do sujeito barbudo. Feito cobras, as classes dominantes foram atraindo o réptil com presentes, agrados e a introdução de novos hábitos.
    Quando deu por si – como lembra Darlan Montenegro, aqui neste blog – Lula já havia feito “gigantescas concessões” às elites brasileiras e estrangeiras, como um sapo atirado em águas mornas que vão aquecendo até cozinhá-lo. Ouvi dizer que teria passado por uma espécie sabatina, com grandes empresários e investidores, em que lhe disseram quais seus limites; pouco importa, num primeiro momento, tinha o povo a seu lado.
    Vou, portanto, dizer uma heresia: sou a favor de que o PT considere Lula página virada na sua história eleitoral.
    Para boa parte do eleitorado de esquerda, seu governo foi uma decepção – que decepção senti, quando ele nomeou Calixto da Costa e Mares Guia para o seu ministério! Mas o fato é que, bem antes da vitória eleitoral de 2002 – voltando a Darlan Montenegro – Lula já havia optado por governar “a frio”, longe do clamor das ruas, agindo dentro de uma margem de possibilidades que evitava o confronto a todo custo. Em seu governo, não recorreu à pressão dos movimentos sociais para implementar um programa de reformas estruturais efetivo, limitando-se a mudar o cenário político “pelas beiradas”. Sem a pressão dos movimentos sociais – avanço reconhecidos – seu governo, esteve longe de ser o que dele esperavam as forças progressistas.
    Apesar das gigantescas concessões feitas à classe dominante, Lula conseguiu despertar o ódio de uma classe para a qual nada é mais odioso que a igualdade. Muitos políticos brasileiros vieram de berços de ouro, tiveram família estável e prestigiosa, educação formadora, e se tornaram bandidos. Lula traz o pecado da origem miserável. Nunca foi o príncipe dos metalúrgicos; jamais será aceito.
    E, por mais honesto que pareça ser, seu muro teria que ser mais branco que o do vizinho – como se diz, no Brasil, dos negros. Sujando sua imagem com suspeitas de corrupção que respingam para todo lado, Lula teria tantas chances de vencer quanto de perder as eleições, em um segundo turno. A rejeição seria enorme. Se eleito, teria poucas chances de unir o país, classes odiosas à parte.
    Seu afastamento da corida eleitoral, sabidamente difícil, poderia ter consequências muito interessantes para o momento de marasmo e estagnação em que vivemos. Imediatamente após o anuncio da sua desistência, o objetivo final dos golpistas – impedir que o sapo barbudo volte a governar – estaria esvaziado. A Lava-jato perderia sua motivação original. A campanha violenta, montada pelos políticos de direita, pelos empresários, pelos ruralistas, com o apoio da imprensa que lhes serve, perderia sentido.
    Digamos que Lula, como um sábio zen budista, optou por não fazer-se mais de alvo. Sentir-se-ia, a princípio, aliviado; iria sair do olho do furacão e baratinar aqueles que espalham os ventos da discórdia para faturar poder e oprimir oprimidos e oprimíveis. A quem a imprensa iria condenar, para distrair o povo de seu projeto político e econômico inconfessável? A um ex-presidente, acusado sem provas, de corrupção? Ora, isto não tem mais graça no Brasil. Temos peixes mais gordos.
    Tirando Lula do furacão das eleições, o PT obrigaria o país – e a si próprio – a discutir uma nova agenda política; a sair deste ramerrão de golpe, de reformas neoliberais odiáveis, de tentativa imoral de tentar um golpe dentro do golpe, cancelando a via democrática. Os oligarcas, os reacionários, os golpistas, a imprensa e o povo em geral poderiam, enfim, entender que, se é para o bem de todos, importa menos a luta eleitoral que a discussão de programas de governo. Como diz Tatiana Roque (aqui, neste blog), o campo progressista precisamos iniciar uma contraofensiva, propondo alternativas às reformas que o povo está sendo levado a acreditar que são as únicas possíveis na pós-modernidade. Conseguiremos evoluir para o campo da reflexão destituída de paixões inconfessáveis?
    Para o PT, lançar uma nova chapa seria como renascer das cinzas, demonstrar vigor, capacidade de reação, apresentando ao eleitorado quadros da maior capacidade para conduzir um programa de reformas sociais que enquadre o capitalismo voraz que nos assola. Estes quadros existem. Em torno deles, poderia promover uma mobilização popular produtiva e vencedora. Uma campanha para devolver o governo do Brasil aos brasileiros.
    Lula não seria abandonado. O partido deverá proceder com vigor à defesa de sua idoneidade moral. Sua experiência seria de grande valia para a chapa a ser lançada à presidência pelo partido. Quem sabe, Lula poderia assumir a circunstância de ser o grande estadista da nação desnorteada, líder das massas e referência política das lutas sociais. Precisa mais?

  22. BOM DIA! LI EM UM ARTIGO QUE O BLOG OUTRAS PALAVRAS TINHA UMA OTIMA MATÉRIA SOBRE: “IMPRESSÃO 3D COMO POSSIVEL MANUFATURA CASEIRA” . MAS NÃO CONSIGO ENCONTRAR PELO BUSCADOR ELETRONICO. VOCÊ PODERIA DIRENCIONAR O LINK AQUI NO COMENTARIO?
    GRACIAS!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *