Contra trânsito e poluição, carro elétrico compartilhado

151013_podcycle
Começa, no Catarse, campanha para desenvolver e colocar nas ruas um veículo silencioso, limpo e pequeno. Principal novidade: será de uso comum, sem proprietários privados

Pela Redação de Outras Palavras

A mobilidade urbana do futuro será elétrica, compartilhada, intermodal, sustentável e inteligente. Pensando nisso, uma startup catarinense resolveu encarar a (i)mobilidade urbana dos brasileiros desenvolvendo o PodCycle – automóvel elétrico para duas pessoas, de uso exclusivamente compartilhado, que integrará uma rede intermodal de mobilidade.

O projeto foi concebido após anos de trabalho por uma das equipes de competição da Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina; ganhou força com a participação de seus idealizadores no I Fórum de Mobilidade Elétrica Brasil-Ingolstadt em Joinville, em 2013, e foi se consolidando nos últimos anos.

Agora eles precisam levantar recursos para terminar a construção do veículo, que já está em andamento na Pedra Branca, município de Palhoça (SC), e para isso lançaram campanha de financiamento coletivo no Catarse, com meta inicial de R$ 68 mil.

“O crowdfunding é uma ferramenta cada vez mais comum no Brasil, que ajudou a tornar realidade diversos projetos e que a cada dia nos aproxima mais da realidade norte-americana, onde comumente são viabilizados projetos altamente tecnológicos, ousados e com grande potencial ou interesse da sociedade”, afirma Brener Martins, graduando em Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e um dos responsáveis pelo início do projeto, em 2012.

Uso compartilhado

O uso compartilhado de carros começa a chegar no Brasil. Depois de dois anos de sua criação, uma empresa de compartilhamento de veículos de São Paulo já atendia cerca de 350 clientes, que se revezavam no uso de 14 carros.

O objetivo da campanha é espalhar o conceito de uso compartilhado de automóveis para ajudar na mobilidade, ao levar a primeira unidade construída para fazer um tour pelas principais cidades brasileiras e aos apoiadores para testá-la, explica Rodrigo Magri, coautor do projeto, formado em Engenharia Mecânica pela UFSC. O tour funcionará também como prospecção de oportunidades e busca por parcerias.

Para apoiar o projeto, acesse aqui e escolha um valor dentre as opções disponíveis. Cada cota varia de R$ 15 a R$ 900 e tem uma recompensa – desde a gravação a laser do nome do apoiador no chassi do automóvel a uma miniatura 3D do veículo, acompanhado de uma carta de agradecimento assinado à mão pelos membros da equipe responsável pelo projeto. A campanha terá duração de 60 dias.

Sobre o PodCycle

O PodCycle foi vencedor do Desafio Sebrae-SC de Plano de Negócios de 2012, e recebeu, em 2014, o Prêmio Sinapse da Inovação promovido pelo Estado de Santa Catarina, Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC), Sebrae-SC. O projeto foi desenvolvido na Fundação Certi.
Atualmente, a equipe envolvida no projeto é diversa e internacional, de cerca de 20 integrantes – entre eles designers, artistas 3D, especialistas em impressão 3D, engenheiros, cientistas da computação, empreendedores visionários e jornalistas. Participaram do premiado documentário Road to Houston e fizeram pesquisas em respeitados institutos e empresas do setor.

TEXTO-FIM

Uma ideia sobre “Contra trânsito e poluição, carro elétrico compartilhado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *