Bela Gil “reverte” consulta sobre agrotóxico; bem-vindos à teledemocracia

belagil

Só não estaríamos trocando o sisudo mundo das decisões técnicas por um tempero de opiniões de celebridades porque a Anvisa já fez mais de mil consultas públicas

Por Alceu Luís Castilho (@alceucastilho)

Uma disputa emocionante. No placar, 66% das pessoas estão a favor do agrotóxico carbofurano. Mas eis que a apresentadora Bela Gil reverte o placar: com a ajuda de seus seguidores no Facebook, agora somente 29% são favoráveis; 69%, contra. E o placar da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não para. Neymar entra na disputa em defesa do veneno: agora 53% dos brasileiros aprovam sua utilização. Mas a grama está pesada. José de Abreu volta para o Twitter para reprovar o pesticida. E empata o placar! Quem desempatará esse jogo? Luciano Huck? Lobão? Olavo de Carvalho? (Haverá morte súbita?) Gregório Duvivier? Gabriel Jesus? Jout Jout?

Apenas o primeiro trecho do parágrafo acima é verídico. Neymar, José de Abreu e Jout Jout não participaram desse levantamento eletrônico, encerrado no dia 24, diretamente dos computadores da Anvisa, em Brasília. Bela Gil, sim. Mas eles bem poderiam ter participado. Afinal, lá estava uma questão relevante, que diz respeito a dezenas de milhões de brasileiros: a utilização ou não de um veneno que pode ser prejudicial à saúde. Por que não convocar uma celebridade para dar opinião, ou os seguidores de Tamiel ou Dona Geralda, do Big Brother Brasil? Continuar lendo