120 mil na Praça São Pedro, diz o Fantástico. E na Avenida Paulista?

vaticano-santateresacalcutá

Globo divulgou estimativa do Vaticano sem pestanejar, como verdade absoluta; o mesmo critério não foi utilizado para informar sobre o que acontecia em São Paulo

Por Alceu Luís Castilho (@alceucastilho)

A canonização de Madre Tereza de Calcutá reuniu 120 mil pessoas, neste domingo, na Praça São Pedro. É o que informou o Fantástico, ontem, na Globo. Reproduzindo – como um número inquestionável – a estimativa feita pelo próprio Vaticano. Observem a foto.

E agora observem a imagem da manifestação contra o governo Temer, também ontem, na Avenida Paulista:

paulista-foratemer02

Foto: Rede Brasil Atual/ Marcia Minillo

Pergunta: quando vale a estimativa dos organizadores e quando não vale?

Qual o critério jornalístico? É visual? Ou de confiança em determinada instituição?

Se a correspondente italiana vier cobrir uma manifestação em São Paulo ela cravará a estimativa dos organizadores, sem questionar? (E sem pontuar que foi feita pelos organizadores?) Ou a estatística do Vaticano se perpetua como dogma?

Quantas dezenas (ou centenas) de milhares de pessoas percorreram a Paulista e Rebouças, ontem, até desembocarem em Pinheiros? (Onde alguns milhares viriam a ser massacrados pela PM…)

Mais que no “fora Collor”? Menos? Igual? Existe alguma regrinha interna para decidir como serão divulgadas as estimativas? Ou é o Ali Kamel quem decide? Ou o papa? Varia conforme o momento político? E os interesses da emissora?

A se julgar pelo cinismo da Globo, confirma-se aquela definição sobre estatística: “A arte de torturar os números até que eles confessem”.

E de tortura os defensores de ditadura entendem.

2 ideias sobre “120 mil na Praça São Pedro, diz o Fantástico. E na Avenida Paulista?

  1. Por incrível que pareça, houve sim, ainda que tímida, cobertura sobre as manifestações pela Globo, ontem no Fantástico e hoje pela manhã nos telejornais matinais, e eles não somente falaram sobre o caráter pacífico das manifestações, como deram os números que vinham sendo divulgados (100 mil na Paulista, 8 mil no Rio, etc), e ainda endossaram a hipótese de que a confusão ao final das manifestações foi incitada pela Polícia Militar. Encerraram o telejornal da manhã de hoje (dia 05/09/16) mostrando o fim do Festival de Cinema de Gramado com o pessoal gritando “Fora Temer”. Algo estranho paira no ar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *